Cariri Como Eu Vejo

Julgamento de Daniel Alves por acusação de estupro tem início em Barcelona

Atleta brasileiro é acusado de estupro em boate na Espanha; julgamento ocorre em três dias com 30 testemunhas, incluindo a vítima.

Atleta brasileiro é acusado de estupro em boate na Espanha; julgamento ocorre em três dias com 30 testemunhas, incluindo a vítima.

O julgamento de Daniel Alves, ex-jogador de futebol, teve início nesta segunda-feira em Barcelona, Espanha. O atleta é acusado de estuprar uma mulher em uma boate na cidade no final de 2022. A vítima prestou depoimento durante 1h15 e confirmou as acusações, alegando ter sido agredida no banheiro de uma área VIP da discoteca Sutton em dezembro de 2022.

Daniel Alves, detido desde janeiro de 2023, enfrenta a possibilidade de nove anos de prisão, conforme pedido do Ministério Público, enquanto a defesa da vítima solicitou uma pena de 12 anos. O julgamento está programado para durar três dias, com outras 28 testemunhas a serem ouvidas, além do próprio atleta.

A mulher, acompanhada por psicólogos, depôs na mesma sala que Daniel Alves, mas sem contato visual. Medidas rigorosas foram adotadas para proteger a identidade da vítima, incluindo a alteração da voz e imagem durante o depoimento. Daniel Alves permanecerá em prisão preventiva até a sentença final.

A defesa do atleta tentou um acordo com os advogados da mulher antes do julgamento, mas as negociações foram prejudicadas pela divulgação de imagens da vítima pela mãe de Daniel Alves, o que resultou em ações judiciais. A jovem que denuncia o estupro está processando Lucia Alves, mãe do jogador.

O julgamento prosseguirá com testemunhas ao longo dos próximos dias, sendo que a última sessão será dedicada a trâmites periciais e conclusões sobre o caso. O acusado optou por adiar seu depoimento para quarta-feira, após todos os outros depoimentos terem sido ouvidos.

Compartilhe:

Descubra mais sobre Cariri como eu vejo

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue lendo