Cariri Como Eu Vejo

Trio é preso pela PCCE e mais de 20 kg de maconha são apreendidos em Juazeiro do Norte

Como resultado do trabalho de combate ao tráfico de drogas na região do Cariri, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) apreendeu mais de 20 quilos de maconha após uma ofensiva realizada na cidade de Juazeiro do Norte – Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19) do Estado. A ação ocorreu nessa terça-feira (20) e culminou ainda nas capturas de três pessoas suspeitas de envolvimento com o crime.

As investigações ficaram a cargo do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas (NCTD) da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte. As diligências foram iniciadas logo após os policiais civis identificarem pontos de comercialização de drogas em casas no bairro Frei Damião. Durante buscas em um imóvel, 21 tabletes e onze porções fracionadas de maconha, totalizando 20 quilos e 423 gramas foram localizados.

Na residência, um homem, de 24 anos, com passagens por por tentativa de homicídio, tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ou porte ilegal de arma de fogo; um outro homem, de 31 anos, com antecedentes por tráfico de drogas e por integrar organização criminosa, além de uma mulher, de 23 anos, foram presos.

Apurações apontam ainda que os dois homens são suspeitos de integrarem um grupo criminoso responsável pelo tráfico de drogas na região. O trio foi conduzido para a unidade policial, onde foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Os suspeitos foram colocados à disposição da Justiça.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As informações podem ser direcionadas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, pelo qual podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias podem ser encaminhadas ainda para os números (88) 2157-8021, que é o número de WhatsApp da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Compartilhe:

Descubra mais sobre Cariri como eu vejo

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading