Cariri Como Eu Vejo

Terapia pode ser eficaz para tratar sintomas emocionais da menopausa

Além dos sintomas físicos, como ondas de calor, cansaço e ausência de menstruação, a menopausa também pode causar sintomas psicológicos. É o caso de dificuldade para dormir, cansaço mental, ansiedade, problemas de concentração e de memória, e mudanças de humor.

Nesse sentido, um novo estudo, publicado nesta quarta-feira (28) no Journal of Affective Disorders, descobriu que a psicoterapia e métodos de mindfulness (atenção plena) podem ser úteis no tratamento desses sintomas emocionais. O trabalho realizou uma meta-análise de 30 estudos envolvendo 3.501 mulheres que passavam pela menopausa em 14 países, incluindo Reino Unido, Estados Unidos, Irã, Austrália e China.

O objetivo era entender como pode ser feito o manejo dos sintomas emocionais da menopausa, que podem impactar no bem-estar e na qualidade de vida das mulheres.

“A maioria dos estudos sobre o manejo dos sintomas da menopausa concentra-se na terapia de reposição hormonal e nos sintomas fisiológicos. Isso restringe as opções de tratamento para mulheres que estão preocupadas com os riscos da terapia de reposição hormonal e ignora o bem-estar daquelas com sintomas não fisiológicos, como confusão mental e problemas de humor, que são altamente prevalentes”, argumenta Aimee Spector, autora principal do estudo e professora da UCL (University College London).

Como o estudo foi feito?

Os estudos analisados pela pesquisa atual examinaram os efeitos de diversos tipos de terapias no humor, na cognição e na qualidade de vida de mulheres na menopausa. Dez desses estudos exploraram o impacto das intervenções baseadas na TCC (Terapia Cognitiva-Comportamental), enquanto nove analisaram os efeitos das intervenções baseadas em mindfulness.

Os onze estudos restantes abrangeram Terapia de Aceitação e Compromisso, terapia em grupo, apoio conjugal, coaching de promoção de saúde e terapia emocional.

As intervenções baseadas em TCC educavam as mulheres sobre os sintomas psicológicos da menopausa, além de ensinarem estratégias cognitivas e comportamentais, técnicas de relaxamento e monitoramento dos sintomas. Já as intervenções baseadas em minfulness promoviam um foco maior nas experiências atuais das mulheres e uma compreensão sem julgamentos dos sintomas.

Os sintomas das mulheres foram monitorados através de questionários padronizados e reconhecidos internacionalmente, como o Patient Health Questionnaire PHQ-9 e o questionário GAD7. O primeiro considera fatores como falta de interesse nas atividades cotidianas, problemas de sono e mau humor, enquanto o segundo inclui a frequência em que uma pessoa se sente preocupada, nervosa ou incapaz de relaxar.

Quais foram os resultados do estudo?

Segundo os pesquisadores, as mulheres que passaram por terapias como a TCC e a mindfulness apresentaram melhorias estatisticamente significativas na ansiedade e na depressão, quando comparadas com aquelas que não realizavam tratamentos terapêuticos ou passavam por terapias alternativas.

Ainda segundo os resultados do estudo, a TCC e a terapia em grupo foram eficazes na redução da dificuldade de concentração e de memória. Além disso, todas as terapias psicossociais melhoraram a qualidade de vida, independentemente do tipo de abordagem.

O coautor do estudo Zishi Li afirma que a pesquisa “fornece evidências encorajadoras para apoiar o uso de intervenções psicossociais para o manejo dos sintomas não fisiológicos da menopausa”. O autor sênior, Roopal Desai, concorda: “Os médicos de clínica geral e os prestadores de cuidados de saúde muitas vezes lutam para saber o que oferecer além do tratamento médico. Esta pesquisa ajudará a dar mais opções aos médicos de família e aos pacientes”.

Os achados deste estudo estão de acordo com as diretrizes da NICE Menopause, organização do Reino Unido que oferece orientações para profissionais da saúde, atualizadas em 2023. As recomendações incluem mais opções de tratamento para os sintomas da menopausa, com evidências mostrando que a terapia cognitiva-comportamental poderia reduzir sintomas como a sudorese noturna, depressão e dificuldade para dormir.

Fonte: CNN Brasil

Foto: Fiordaliso/GettyImages

Compartilhe:

Descubra mais sobre Cariri como eu vejo

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading