Cariri Como Eu Vejo

Suspeito de tentar atear fogo em patrimônios públicos de Várzea Alegre é preso durante ação conjunta em Goiás

Troca de informações e um trabalho de inteligência coordenado pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), com apoio de uma equipe da Polícia Civil de Goiás, resultou na localização e prisão de um homem, de 22 anos, suspeito de tentar causar incêndio em prédio e ônibus público, além de fabricar artefato explosivo no ano de 2019, na cidade de Várzea Alegre, na Área Integrada de Segurança 21 (AIS 21) do Ceará. O alvo, que se encontrava foragido, foi capturado nessa quarta-feira (03), na zona rural de Inhamuns, no estado de Goiás.

Logo que tomaram conhecimento do caso, registrado no dia 25 de setembro de 2019, as equipes policiais da Delegacia Municipal de Várzea Alegre, do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas (NCTD) e do Núcleo Avançado de Inteligência (Nai), da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, identificaram os partícipes de uma ação criminosa que tentavam destruir patrimônios públicos da cidade de Várzea Alegre. Com base no que foi apurado na época, os suspeitos, membros de um grupo criminoso, fabricavam os artefatos explosivos e jogavam em pontos públicos. Diante da gravidade do caso, os policiais civis representaram pela prisão preventiva dos indivíduos.

Entre os alvos, estava um homem de 22 anos, que já possui antecedentes criminais por crime de trânsito e que se encontrava escondido em outro estado. Com a localização exata dele, os policiais civis do Ceará, pediram apoio a uma equipe da Polícia Civil de Goiás que cumpriu um mandado de prisão preventiva em desfavor do suspeito. O homem foi conduzido à uma unidade policial da região, onde o mandado de prisão preventiva pelos crimes de integrar organização criminosa e atear fogo em prédio público foi cumprido. Agora, a PCCE realiza todas as tratativas para realizar o recambiamento do suspeito.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85)3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As informações podem ser direcionadas ainda para os telefones (88)3541-2397, da Delegacia Municipal de Várzea Alegre. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Compartilhe:

Descubra mais sobre Cariri como eu vejo

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading