Cariri Como Eu Vejo

PCCE desarticula grupo de São Paulo que fraudava cartões de crédito de vítimas no Nordeste

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) prendeu, nessa quinta-feira (08), dois homens, com idades de 39 e 25 anos, suspeitos de envolvimento em fraude de cartões. Eles foram localizados em um hotel de luxo no bairro Meireles – Área Integrada de Segurança 1 (AIS 1) de Fortaleza. A ação faz parte de um trabalho das Forças de Segurança do Governo do Ceará em combate à atuação de grupos criminosos no Estado. Detalhes dos trabalhos policiais foram divulgados, na manhã desta sexta-feira (09), em coletiva de imprensa, na sede da Polícia Civil, no Cisp, em Fortaleza.

As capturas ocorreram após a unidade especializada receber informações acerca de um homem que estava hospedado em um hotel no bairro Meireles, na condição de turista, que seria foragido da Justiça do estado de São Paulo. De posse das informações, a Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur), com apoio de equipes do 2º Distrito Policial (DP), diligenciaram para o local e os dois homens foram identificados e presos pelos policiais civis, no momento em que utilizavam equipamentos de informática.

O esquema criminoso fez centenas de vítimas que tiveram seus cartões de crédito clonados. Os suspeitos realizaram diversos golpes em vítimas no Ceará e em vários estados da Região Nordeste. O trabalho policial foi realizado pela Deprotur, unidade especializada da PCCE, com apoio do Departamento de Polícia Judiciária Especializada (DPJE), do Departamento de Inteligência Policial (DIP) e do 2° DP.

Com os indivíduos foram apreendidos 42 cartões de crédito, 25 maquinetas para utilização de cartões de crédito e débito, seis aparelhos celulares, quatro notebooks, duas réguas copiadoras de dados de cartões, além de um vasto material utilizado para prática de delitos e fraude por meio cibernético. Um dos suspeitos, um homem de 39 anos, já responde por crimes de associação criminosa, uso de documento falso, estelionato e falsidade ideológica.

A dupla também estava em posse da numeração de diversos cartões. Na ocasião, eles transferiam os dados das vítimas para um outro cartão,que era utilizado nas maquinetas, previamente cadastradas, em nome de empresas registradas com a utilização de documentos de “laranjas”. O repasse dos valores obtidos eram transferidos para outras contas bancárias, dificultando a identificação dos beneficiários da ação criminosa.

Diante dos fatos, os policiais civis efetuaram a prisão em flagrante da dupla que foi conduzida para a Deprotur, onde foi autuada em flagrante por crime de furto mediante fraude. Os suspeitos estão à disposição da Justiça. A Deprotur continua a investigação acerca do caso e orienta que possíveis vítimas do grupo criminoso procurem a especializada ou a delegacia mais próxima para registrar um Boletim de Ocorrência (BO) para relatar os fatos.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser encaminhadas ainda para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, pelo qual podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As informações também podem ser direcionadas para o número (85) 3101-2488, da Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur). O sigilo e o anonimato são garantidos.

Compartilhe:

Descubra mais sobre Cariri como eu vejo

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue lendo