Cariri Como Eu Vejo

”Pacientes em Quimioterapia não podem receber vacina contra Dengue”, explica médico mastologista do Cariri

Dr. João Paulo Mendes enfatiza que a prevenção por meio do uso de repelentes é a melhor alternativa para esses pacientes

Em meio a uma crescente preocupação com a nova onda de casos de Dengue, Dr. João Paulo, Médico Mastologista do Cariri, fez um alerta: pacientes em tratamento com quimioterapia não podem receber a Qdenga, a vacina recém-aprovada contra a doença. A medida visa proteger indivíduos imunossuprimidos, cujos sistemas imunológicos estão comprometidos devido ao tratamento contra o câncer.

“Pacientes com câncer que não estão em tratamento com quimioterapia podem ser elegíveis para receber a vacina contra a Dengue. Além disso, pacientes que concluíram o tratamento com quimioterapia e recuperaram sua imunidade podem ser candidatos adequados para a vacinação”, enfatiza o especialista.

Dr. João Paulo explica que a Qdenga é composta por vírus vivos atenuados, o que a torna incompatível com pacientes em quimioterapia ou que estão sob o efeito de outras medicações imunossupressoras. “A quimioterapia, conhecida por seu impacto na imunidade do organismo, deixa os pacientes mais vulneráveis a infecções”, afirma.

Nesta situação, o especialista enfatiza que a prevenção por meio do uso de repelentes é a melhor alternativa para esses pacientes.

Mais informações,
Assessoria de Imprensa ComMonike

Compartilhe:

Descubra mais sobre Cariri como eu vejo

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading