Cariri Como Eu Vejo

Oito açudes no Cariri se aproximam da sangria

Oito açudes no Cariri estão com classificação azul no Portal Hidrológico da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) – etapa mais próxima da sangria. Isso significa que esses reservatórios já atingiram mais de 70% da capacidade.

Com 89,9% da capacidade preenchida, o Cachoeira, em Aurora, é o mais próximo de sangrar na região, seguido pelos açudes Junco (87,61%), em Granjeiro; Rosário (80,07%), em Lavras da Mangabeira; e São Domingos (77,35%), em Caririaçu.

A lista de reservatórios com mais de 70% de volume é completada pelos açudes Valério (76,86%), em Altaneira; Pau Preto (76,52%), em Potengi; Olho d’Água (75,5%), em Várzea Alegre; e Mamoeiro (75,5%), em Antonina do Norte.

Maiores açudes do Cariri, o Thomás Osterne, em Crato, e o Manoel Balbino, em Juazeiro do Norte, não estão incluídos na lista. O primeiro está com 60,51%, enquanto o segundo atingiu 38,63%.

Confira os volumes atingidos pelos oito açudes:

Cachoeira, Aurora: 89,81%

Junco, Granjeiro: 87,61%

Rosário, Lavras da Mangabeira: 80,07%

São Domingos, Caririaçu: 77,35%

Valério, Altaneira: 76,86%

Pau Preto, Potengi: 76,52%

Olho D’Água, Várzea Alegre: 75,5%

Mamoeiro, Antonina: 73,5%

Fonte: Site Miséria

Compartilhe:

Descubra mais sobre Cariri como eu vejo

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading