Cariri Como Eu Vejo

Moro afirma ser favorável ao fim das ‘saidinhas’: “Não produz ressocialização”

O senador Sérgio Moro (União Brasil-PR) concedeu uma entrevista exclusiva nesta quarta-feira (7) à Rádio Bandeirantes e comentou sobre a aprovação da Comissão de Segurança Pública do Senado sobre o fim do benefício da saída temporária aos presos durante os feriados.

Membro da comissão, o ex-juiz declarou que a medida atual “não produz uma ressocialização” e que é preciso acabar com a medida, uma vez que as fugas forçam os policiais a “correrem atrás” dos foragidos ao invés de proteger o cidadão nas ruas.

“Todo ano, quatro ou cinco vezes, varia de Estado para Estado, os presos no semiaberto são liberados para um período de três a sete dias. E muitos não voltam. Com isso, as forças de segurança precisam correr atrás de foragidos, que foram colocados em liberdade sem que isso traga um resultado efetivo da ressocialização”, declarou.

O político ressaltou que lutou por uma emenda para que presos que trabalham ou estudam, possam continuar a ter o benefício. “[Os presos em regime semiaberto] não podem, simplesmente, serem liberados ‘à baciada’ [nos feriados] gerando uma insegurança à população”, criticou.

Fonte: Band

Foto: Daniel Medeiros/O antagonista

Compartilhe:

Descubra mais sobre Cariri como eu vejo

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue lendo