Cariri Como Eu Vejo

Michelle Bolsonaro se livra de indiciamento no caso das joias

A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro não está entre as pessoas indiciadas pela Polícia Federal (PF) por envolvimento no esquema que teria desviado dinheiro de presentes recebidos por Jair Bolsonaro (PL) quando ele estava na Presidência.

A PF não encontrou elementos que envolvam Michelle no esquema criminoso. Ela chegou a ter seus sigilos bancário e fiscal quebrados ao longo da investigação e também teve que ir depor na PF no ano passado, ocasião em que ficou em silêncio.

A PF apontou que Bolsonaro teria cometido os crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro e peculato/apropriação de bem público. Outras 11 pessoas também foram indiciadas, entre elas o ex-ajudante de ordens de Bolsonaro Mauro Cid e o ex-ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque.

A suspeita inicial era de que as joias seriam para Michelle. A investigação da PF teve início após o jornal O Estado de S.Paulo revelar que uma comitiva do então ministro Bento Albuquerque tentou entrar no Brasil após uma viagem oficial para os Emirados Árabes sem declarar um kit de joias recebido das autoridades sauditas, em outubro de 2021.

#Política | UOL

Compartilhe: