Cariri Como Eu Vejo

Jean Wyllys Causa Polêmica ao Criticar Taxista por Prosélito Religioso no Carro

Deputado Jean Wyllys Causa Polêmica ao Criticar Taxista por Prosélito Religioso no Carro

Jean Wyllys, conhecido por suas posições contundentes, gerou controvérsia ao compartilhar uma experiência com um taxista em suas redes sociais. Segundo o relato do deputado, ao entrar no táxi, o motorista começou a tocar um programa de rádio com teor neopentecostal, o que levou Wyllys a pedir para que o rádio fosse desligado.

O taxista, conforme descrito pelo deputado, relutou inicialmente, mas acabou por atender ao pedido. No entanto, ao questionar o motivo do pedido, Jean Wyllys afirmou que considerava o proselitismo religioso uma atitude desrespeitosa e arrogante, especialmente considerando a diversidade religiosa do país.

Suas declarações, especialmente a frase “Palavra imposta é tortura”, geraram reações acaloradas nas redes sociais, com alguns apoiadores defendendo sua postura de defesa da laicidade do Estado e da liberdade individual, enquanto outros o acusaram de intolerância religiosa.

Alguns críticos argumentaram que a atitude do deputado foi desrespeitosa com a crença do taxista, enquanto outros o aplaudiram por defender o direito à escolha e à liberdade de religião.

Enquanto isso, o próprio taxista envolvido na situação ainda não se manifestou publicamente sobre o incidente, deixando espaço para especulações e debates sobre o equilíbrio entre liberdade religiosa e respeito mútuo no espaço público.

Confira o texto completo divulgado por Jean Wyllys

Compartilhe:

Descubra mais sobre Cariri como eu vejo

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading