Cariri Como Eu Vejo

Instagram ultrapassa TikTok e se torna o aplicativo mais baixado do mundo

Em meio ao avanço do projeto de lei que pode proibir o TikTok nos Estados Unidos, o Instagram, da Meta, se tornou o aplicativo mais baixado do mundo. Segundo a empresa de análise de mercado Sensor Tower, o número total de downloads do Instagram em 2023 foi de 768 milhões, um crescimento de 20%. Já o TikTok, da chinesa ByteDance, foi baixado 733 milhões de vezes no mesmo período – um aumento de 4%.

O aumento da popularidade do Instagram tem sido atribuído aos Reels. O recurso clonado do TikTok foi adicionado em 2020 em resposta à rápida ascensão da rede social chinesa e seus vídeos virais, especialmente entre usuários da geração Z.

O número total de usuários ativos mensais do Instagram cresceu 13 milhões só no último trimestre de 2023, totalizando 1,47 bilhão. Já o de usuários ativos do TikTok caiu 12 milhões no mesmo período, atingindo 1,12 bilhão no total.

Apesar do baque, o TikTok continua apresentando maior engajamento. Segundo a Sensor Tower, os usuários passaram em média 95 minutos no TikTok no quarto trimestre de 2023, 62 minutos no Instagram, 30 minutos no X (antigo Twitter) e 19 minutos no Snapchat.

Contexto político

Em 2022, a Meta, que também é proprietária do Facebook e WhatsApp, foi acusada de contratar uma empresa para difamar o TikTok e promover a plataforma chinesa como perigosa para crianças e para a sociedade americana.

A embate, no entanto, se estende desde pelo menos 2020, quando o governo do ex-presidente Donald Trump iniciou uma guerra contra o TikTok, que considerava o aplicativo uma ameaça nacional, dizendo que a companhia poderia ceder os dados de milhões de usuários norte-americanos ao governo chinês.

Recentemente, Trump, agora pré-candidato republicano nas eleições dos EUA, disse ser contra a proibição do TikTok que ele mesmo instaurou, alegando que a medida daria uma concentração de poder ainda maior ao Facebook, o qual ele considera “inimigo do povo”.

A Câmara dos EUA deve votar a proibição do TikTok no país nesta semana, exigindo que a ByteDance venda o app em 6 meses.

Fonte: CNN Brasil

Foto: Pixabay

Compartilhe:

Descubra mais sobre Cariri como eu vejo

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading