Cariri Como Eu Vejo

EUA confirmam segundo caso de gripe aviária em humano

Uma pessoa que trabalhava em uma fazenda de laticínios e tinha “contato direto com gado leiteiro” testou positivo para gripe aviária no Texas, disse o Departamento de Serviços de Saúde do Estado nesta segunda-feira (1).

O caso foi confirmado pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) no fim de semana, disse o departamento.

O CDC disse que o paciente está isolado e se recuperando do vírus H5N1.

Seu único sintoma foi uma inflamação ocular, disse o departamento de saúde do Texas. O paciente está sendo tratado com o remédio Oseltamivir, que é a versão genérica do medicamento antiviral Tamiflu.

O departamento está trabalhando com parceiros de saúde locais, estaduais e federais para investigar o caso e monitorar quaisquer registros adicionais de gripe aviária.

“O caso não altera o risco para o público em geral, que permanece baixo”, disse o Departamento de Serviços de Saúde do Estado do Texas em um comunicado.

O CDC também afirmou que o risco é baixo, mas disse que está monitorando a situação.

“Porque o vírus da gripe muda constantemente, os esforços contínuos da vigilância e da preparação são críticos, e o CDC está tomando medidas caso a avaliação de risco da saúde pública mude. Esta é uma situação em desenvolvimento, e o CDC compartilhará atualizações adicionais à medida que novas informações relevantes forem disponibilizadas”, disse a agência em um comunicado.

De acordo com a agência de saúde do Texas, o CDC disse que este é o primeiro caso de gripe H5N1 em uma pessoa ligada ao gado leiteiro e o segundo nos EUA.

Um homem do Colorado que teve exposição direta a aves e ao abate desses animais teve gripe aviária em 2022.

Segundo o Departamento de Serviços de Saúde do Estado, não há risco para o fornecimento comercial de leite

A gripe aviária é um vírus da gripe tipo A que vem das aves e foi detectado em centenas de espécies como gaivotas, corujas e patos nos EUA desde 2022.

Muitos mamíferos, principalmente no oeste e no centro-oeste dos Estados Unidos, foram infectados com o vírus neste último surto.

Casos também foram relatados entre ursos, raposas, gambás e focas.

Os cientistas dizem que esses animais provavelmente ficaram doentes quando comeram ou interagiram com aves infectadas.

O vírus pode se espalhar através de fezes e saliva, além do contato com superfícies contaminadas.

A transmissão entre humanos da gripe aviária por contato próximo é “muito rara”, de acordo com o CDC.

Os sintomas do vírus podem variar. Em casos leves a doença se manifesta como uma gripe comum ou com vermelhidão nos olhos. Já os pacientes graves, podem ter pneumonia.

Fonte: CNN Brasil

Compartilhe:

Descubra mais sobre Cariri como eu vejo

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading