Cariri Como Eu Vejo

Cientistas descobrem fóssil de “dragão” de 240 milhões de anos

Réptil aquático é chamado de Dinocephalosaurus orientalis e viveu no período Triássico da China.

Uma equipe de cientistas internacionais revelou a descoberta de novos fósseis da espécie Dinocephalosaurus orientalis. O réptil aquático, de cerca de cinco metros de comprimento, é pertencente ao período Triássico da China, datado de cerca de 240 milhões de anos, e foi apelidado de “dragão” devido ao pescoço “extremamente longo”.

O Dinocephalosaurus orientalis foi originalmente identificado em 2003, sendo estudado por pesquisadores da Escócia, Alemanha, Estados Unidos e China. A descoberta do novo fóssil no sul da China, no entanto, permitiu aos cientistas analisar a anatomia da criatura.

“É mais um exemplo do estranho e maravilhoso mundo do Triássico que continua a confundir os paleontólogos. Temos certeza de que ele irá capturar a imaginação de todo o mundo devido à sua aparência impressionante, que lembra o longo e mítico dragão chinês em forma de cobra”, disse Nick Fraser, integrante do Museu Nacional da Escócia.

Segundo o estudioso, o réptil estava claramente muito bem adaptado ao estilo de vida oceânico, como indicado pelas nadadeiras. Fraser ressaltou ainda que, apesar das semelhanças superficiais, o Dinocefalossauro não está relacionado com os famosos Plesiossauros — inspiração para o mito do Monstro do Lago Ness —, que só evoluíram cerca de 40 milhões de anos depois.

Fonte: SBT News

Compartilhe:

Descubra mais sobre Cariri como eu vejo

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading