Cariri Como Eu Vejo

Chefe do tráfico no Pirambu é morto e facção ordena fechar escolas e comércio

A morte de um dos líderes do tráfico de drogas de um grupo criminoso que atua no Pirambu, em Fortaleza, gerou consequências para o comércio e escolas. Os criminosos ordenaram fechamento total na região. Imagens e vídeos que circulam nas redes sociais mostram estabelecimentos fechados e viaturas em frente de instituições de ensino. Além disso, motoristas por aplicativo denunciam proibição de circulação na área e em adjacências.

A determinação acontece após uma operação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) no Complexo da Penha, resultar em confronto policial e morte de Fábio Almeida Maia, conhecido como “Biu” ou “Tartaruga” na manhã desta quarta-feira (31). Ele era natural do Ceará, no Pirambu, e apontado como 02 da facção criminosa.

Com uma extensa ficha criminal, Fábio Maia estava com mandado judicial em aberto. Ele tem passagens por organização criminosa, porte ou posse irregular de arma de fogo, crimes hediondos, corrupção de menor e, pelo menos, 25 homicídios. O homem era procurado há anos pelas autoridades cearenses. O suspeito desses crimes, que tinha histórico de confrontos com as forças policiais, não resistiu à troca de tiros e foi neutralizado no local.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que ações preventivas estão sendo realizadas em bairros pertencentes à Área Integrada de Segurança 8 (AIS 8) de Fortaleza e que, até o momento, nenhuma ocorrência fora da normalidade foi registrada.

Compartilhe:

Descubra mais sobre Cariri como eu vejo

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue lendo