Cariri Como Eu Vejo

Camilo Santana segue pedido de Lula e é ministro que mais roda o país

O ministro Camilo Santana, da Educação, é, entre os colegas, o que mais viajou pelo Brasil desde uma orientação dada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em reunião ministerial em 18 de março. Na ocasião, o chefe do Executivo cobrou pela mobilização do primeiro escalão para dizer à população as políticas públicas implementadas pelo governo.

Lula pediu aos ministros que saíssem da capital federal para conversar com pessoas de todas as regiões do país, especialmente durante o ano de eleições municipais e com a queda a avaliação da gestão petista nas pesquisas de opinião.

Desde a data da reunião, o titular da Educação esteve em oito municípios fora de Brasília. As agendas incluíram destaque para a divulgação do programa Pé-de-Meia, uma poupança para estimular alunos de baixa renda a concluírem o ensino médio e fazerem o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Após a reunião de Lula com os ministros, Camilo esteve nos seguintes locais:

18 a 19 de março: Belo Horizonte (MG);

20 de março: Curitiba (PR);

20 a 22 de março: Belém (PA);

25 a 26 de março: Goiânia (GO);

26 a 27 de março: Manaus (AM);

28 a 29 de março: Juazeiro do Norte (CE);

2 de abril: Rio de Janeiro (RJ);

8 de abril: Fortaleza (CE).

As informações foram levantados pela agência Fiquem Sabendo, especializada no acesso a informações públicas, e analisados pelo Metrópoles. Os dados contemplam viagens feitas entre 1º de janeiro de 2023 e 12 de abril de 2024, e que constam no Portal da Transparência.

A pesquisa notou que o pedido de Lula não surtiu efeito de forma geral, com a maioria dos ministros marcando menos viagens após a reunião.

O esforço de Camilo, no entanto, teve impacto na divulgação do Pé-de-Meia e pode ter ajudado com a popularidade da pasta. Pesquisa do instituto Ipec divulgada na última semana revelou que a educação é a única área do governo Lula com avaliação positiva superior à negativa.

Cerca de 38% dos entrevistados classificou o trabalho do governo na educação como ótimo ou bom, enquanto 31% avaliaram em ruim ou péssimo. A resposta de regular foi dada por 28% das pessoas. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, com entrevistas realizadas de 4 a 8 de abril.

Viagens acumuladas

Desde o começo do novo governo Lula, Camilo é o terceiro ministro que mais viajou, com 67 compromissos, tanto nacionais quanto internacionais.

O ministro com mais viagens acumuladas é Paulo Teixeira, do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, com 82. Ele é seguido pela ministra da Saúde Nísia Trindade, com 73.

Fonte: Metrópoles

Foto: Vinícius Schmidt/Metrópoles

Compartilhe: