Urologista do Cariri alerta “um em cada seis homens vai ter o câncer de próstata ”

Saúde

Fator hereditário aumenta as chances de 2 a 3 vezes de desenvolver a doença, segundo INCA.

Começou a campanha pela conscientização do diafntoico precoce do câncer de próstata!
Hoje, segunda-feira, inicia o mês de novembro, e com ele vem junto a campanha de conscientização e rastreio precoce do câncer de próstata. A doença é a segunda que mais mata os homens, então a importância dos cuidados. Em 2019 o número de óbitos pela comorbidade foi de 15.983 e, em 2020, foram registrados 65.840 novos casos, segundo informações do Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Os cuidados devem iniciar aos 50 anos de idade com visitas periódicas ao médico urologista, sendo que os homens negros, fumantes, obesos e com histórico familiar de pais ou irmão com câncer devem antecipar para os 45 anos essa ida ao especialista, tendo em vista que esses grupos são mais propensos a desenvolverem a doença mais precocemente.

O médico urologista da Urorim, Thiago Coutinho, destaca que um em cada seis ou sete homens vão ter o diagnóstico de câncer de próstata. “Por isso a importância de procurar um especialista e começar a fazer a prevenção. Vale destacar ainda que o fator hereditário aumenta as chances de 2 a 3 vezes de desenvolver o câncer de próstata”, disse.

Na fase inicial, o câncer da próstata tem evolução silenciosa, ou seja, não apresenta sintomas. Muitos pacientes quando apresentam sintomas, esses são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata, com dificuldade de urinar, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite. Na fase avançada pode provocar dor óssea, sintomas urinários ou, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal.

A próstata é uma glândula exclusiva do homem e que se localiza na parte baixa do abdômen. Ela é um órgão pequeno, tem a forma de maçã e se situa logo abaixo da bexiga e acima do reto, envolvendo a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada. A próstata produz parte do sêmen, líquido que contém os espermatozoides liberado durante o ato sexual.

Mais informações e entrevistas,

Assessoria
commonike.com.br

Deixe o seu comentário