Uber vai mostrar destino e valor aos motoristas antes de eles aceitarem as corridas

Notícias

O Uber vai passar a mostrar para os motoristas parceiros o endereço de destino e o valor total da corrida antes que eles aceitem a viagem. A atualização do aplicativo para os condutores foi anunciada pela empresa nesta terça-feira (5) e já está disponível.

Segundo a empresa, o novo recurso está disponível em todas as capitais do país. O Uber afirmou ainda que a tela de oferta está disponível para motoristas de outras “centenas de municípios que fazem parte das maiores regiões metropolitanas” do país, mas não especificou quais são essas cidades.

Antes dessa mudança, o motorista só via uma estimativa do percurso até o ponto de encontro do usuário. Agora, além de conferir o destino, a tela de oferta de viagem também passa a mostrar o valor total em reais que o motorista receberia com a corrida, incluindo o adicional de preço dinâmico, quando esse recurso estiver ativo.

Segundo a empresa, no novo modelo, o cálculo de ganhos do motorista deixa de ser fixo e passa a incluir mais variáveis. Antes, eram considerados tempo e distância em cada corrida. Agora, o Uber afirma que o preço da corrida leva em consideração o trajeto até o passageiro, o horário do dia e o perfil da viagem.

Por que mudou?

Segundo o Uber, a medida visa diminuir as desistências e os cancelamentos de corridas no aplicativo, um dos efeitos colaterais da alta dos combustíveis. Como o g1 informou no último mês, cada alta nos preços cai como uma bomba nos grupos de conversa dos motoristas do app.

Selecionar as melhores corridas é uma forma dos motoristas garantirem o retorno da atividade. O novo recurso do Uber pode facilitar a atividade dos parceiros da plataforma.

Em setembro do ano passado, a Associação dos Motoristas de Aplicativos de São Paulo (Amasp) acusou o Uber de excluir, em todo o país, mais de 15 mil motoristas por excesso de cancelamentos.

Na época, a empresa negou a quantidade, dizendo que baniu 1,6 mil condutores. A empresa também afirma que “cancelamentos excessivos ou para fins de fraude” violam o Código da Comunidade.

Teste desde 2020

A ferramenta de cartão de oferta foi aplicada aos poucos, desde 2020, em um modelo de teste em “centenas de cidades”, como os municípios na região metropolitana de Belo Horizonte, Goiânia, Recife, Campinas, Fortaleza, Rio de Janeiro, Florianópolis, Vitória, entre outras, apontou a empresa.

Já o recurso de destino detalhado da viagem estava sendo testado em um grupo menor, incluindo as regiões de Curitiba, Recife, Manaus, São José dos Campos (SP), Porto Alegre, entre outras.

No blog da empresa, ao oficializar a mudança, a gerente de operações para segurança do Uber Araceli Almeida afirmou que o recurso dá mais tranquilidade aos motoristas.

“O objetivo é tornar cada oferta ainda mais clara, fornecendo mais detalhes das viagens que estão sendo solicitadas por meio do aplicativo para que os parceiros possam decidir antecipadamente quais desejam realizar”, explicou.

“A gente espera que a nova ferramenta também possa melhorar a experiência dos usuários ao reduzir os motivos de cancelamento pelos parceiros”, comentou Araceli.

Foto: Divulgação / Fonte: G1

Deixe o seu comentário