Servidores do Banco Central vão retomar greve amanhã, após fim de prazo dado ao Governo

Notícias

Os servidores do Banco Central aprovaram a retomada da greve por tempo indeterminado a partir de amanhã, terça-feira. A categoria decidiu suspender a mobilização no último dia 19 de abril e deu prazo até hoje, 2 de maio, para que o governo fizesse uma proposta formal, o que, segundo o sindicato que representa os trabalhadores, ainda não ocorreu.
As razões principais para a retomada da greve foram os descumprimentos por parte do presidente do Banco Central em conseguir em abril uma reunião entre o sindicato e o Ministro Ciro Nogueira, a não apresentação de uma proposta alternativa aos 5% e a não apresentação de uma proposta sobre a parte não-salarial das demandas da categoria, segundo informou o Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central.

Os servidores declararam que 5% de reajuste proposto pelo Governo são insuficientes e apresentaram contraproposta com reajuste de 27% concedido apenas a partir de 1º de julho. A proposta original previa reposição já no primeiro semestre deste ano.

Ceara Agora

Deixe o seu comentário