Pefoce recebe kits com maletas e novos equipamentos para perícia

Notícias

A Perícia Forense de Estado do Ceará (Pefoce) recebeu kits contendo 38 maletas de perícia de local de crime, 38 maletas papiloscópicas, seis detectores de metais e seis equipamentos boroscópios, dispositivo com câmera para visualização de locais de difícil acesso. O material foi doado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) com o propósito de aprimorar a elaboração de laudos e melhorar os atendimentos em locais de ocorrências.

A maleta de local de crime, utilizada pelos peritos criminais, veio equipada com novos itens: alicate amperímetro, que ajuda nas perícias em locais e equipamentos com eletricidade, carga elétrica, e uma pistola de luzes forenses que é utilizada em conjunto com os óculos, de acordo com o comprimento de onda emitido pela luz.

Os equipamentos auxiliarão na identificação de vestígios latentes e biológicos. O kit possui também outros equipamentos, como marcadores para trajetória balística, marcadores de vestígios, trenas laser, inclinômetros, lupas com diversos tipos de espectros de luzes para detecção de vestígios biológicos.

De acordo com o supervisor do Núcleo de Perícia e Engenharia Legal e Meio Ambiente (Nupelm), Welisson Tavares, essas maletas vão trazer mais funcionalidade e eficiência para os peritos. “Mais praticidade e mais velocidade na análise. São equipamentos com mais qualidade, possibilitando realizar um trabalho mais eficiente”, finalizou.

A maleta papiloscópica é fundamental para o trabalho de revelação e extração de impressões digitais, vestígio fundamental que auxilia na identificação de suspeitos de crimes. Cada maleta papiloscópica possui aplicadores, pincéis, levantadores articulados, fitas levantadoras transparentes, pós magnéticos e pós de constantes para impressões papilares.

Na Pefoce, os kits de maletas de local de crime e de papiloscopia foram entregues aos peritos criminais no Núcleo de Perícia Externa (Nupex), para as equipes que atuam no Laboratório de Impressão Papiloscópica (LIP), para o Nupelm e para os núcleos de perícias forenses situados no interior do Estado.

Boroscópio

Já o equipamento boroscópio será essencial para diversos tipos de perícias realizadas pela Pefoce. Conforme o perito criminal, Rogério Alexandre, supervisor do Nupex da Coordenadoria de Perícia Criminal (Copec), o dispositivo que possui uma câmera instalada em um cabo flexível que é à prova d´água, vai ser utilizado tanto em locais de ocorrências para os peritos visualizarem lugares e objetos de difícil acesso ou com pouca chance de visualização, tubos, encanações, locais estreitos com pouco espaço, entre outros, como também será essencial para as perícias de identificação veicular, exame realizado para constatar clonagem e adulteração em automóveis.

Foto: Ascom Pefoce

Deixe o seu comentário