Parada LGBT na Itália exibe Virgem Maria nua

Cariri

Um participante de uma parada do “orgulho LGBTQIA+” em Cremona, no norte da Itália, exibiu um manequim de topless em alusão à Virgem Maria. A informação é da agência de notícias Ansa.

O caso ocorreu no último sábado (04) e provocou críticas da Igreja Católica e de partidos de direita italianos.

“São gestos que não fazem bem a ninguém e que ferem as muitas pessoas que estão se empenhando com respeito recíproco em nome de uma sociedade sem discriminações”, disse o bispo de Cremona, Antonio Napolioni, no domingo (05).

Já o senador de direita, Matteo Salvini, disse que a manifestação foi uma ofensa “à fé, à cultura e à sensibilidade de milhões de italianos”.

“Isso não tem nada a ver com a demanda por direitos LGBTQetc…”, acrescentou no Instagram, ironizando as diversas identidades representadas na parada. “Foi apenas uma exibição de ignorância e arrogância”, afirmou Salvini.

Além disso, dezenas de fiéis se reuniram no centro de Cremona no domingo para orar em reparação pelo “ato profanador” visto na marcha do dia anterior.

Criticado pelo fato de a administração municipal ter patrocinado a parada, o prefeito Gianluca Galimberti, de centro-esquerda, disse que desfilar com uma “Virgem blasfema é inqualificável e desrespeitoso não apenas a quem acredita, mas também a quem participou da marcha manifestando as próprias ideias com respeito”.

Via: Gazeta Brasil e IstoÉ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.