Menos da metade dos desaparecidos são localizados no Brasil

Notícias

Menos da metade das pessoas desaparecidas no Brasil são encontradas. Em 2020, foram registrados 62,9 mil casos, dos quais 32,2 mil foram solucionados, e, em 2021, 65,2 mil com 31,7 mil localizados. Em Minas Gerais, houve, nos dois períodos, cerca de 6,8 mil desaparecimentos registrados e 4,4 mil pessoas localizadas. As informações são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública nesta terça-feira (28).

Em nota, a entidade explica que os dados foram fornecidos pelas unidades federativas, mas que “não foi possível apurar como o registro é realizado: qual o documento de base (por exemplo, Boletim de Ocorrência); se diz respeito a pessoas localizadas vivas ou mortas; se o encontro está ou não vinculado a eventos de desaparecimento previamente reportados; a que ano se refere o desaparecimento eventualmente antes reportado, ou seja, em que ano essa pessoa foi dada como desaparecida”.

“Assim, os registros de pessoas localizadas no ano de 2020 e 2021 não correspondem necessariamente aos casos de pessoas desaparecidas registrados no mesmo”, completa.

Formas de tentar impedir as ocorrências e “ajudar essas famílias  a encontrar os seus parentes desaparecidos”.

Como ajudar

  • Observar o comportamento de novos vizinhos em relação ao tratamento dispensado aos menores que com eles convivem, comunicando à Polícia qualquer fato suspeito.
  • Observar, em via pública, o trânsito de menores desacompanhados, idosos e portadores de necessidades especiais, caso apresentem desorientação, possibilidade de extravio ou mesmo dificuldade de expressão, comunique o fato à Polícia para que prestem a devida assistência antes que ocorra o seu paradeiro.
  • O ideal é que você possa levar a pessoa até o posto policial mais próximo.
  • Comunicar e registrar o desaparecimento do menor ou do adulto imediatamente após constatada a sua ausência, na Divisão de Referência da Pessoa Desaparecida.
  • Deve-se apresentar fotografia e documentação do ausente, caso existente, para início da busca.
  • Para o menor, é necessária a apresentação da cópia da certidão de nascimento. No entanto, a ausência do documento não impede o registro e a busca.

Orientação a pais e responsáveis

  • Orientar os filhos a não aceitarem doces, presentes, ou qualquer outro objeto de estranhos, podendo aceitá-los de conhecidos e parentes, somente com prévio consentimento dos responsáveis.
  • Manter bom relacionamento com a vizinhança.
  • Procurar conhecer as pessoas que convivem com seu filho.Participar ativamente dos eventos envolvendo o seu filho, como aqueles ocorridos em escolas e aniversários.
  • Ensinar ao seu filho o seu nome completo, endereço e telefone e os nomes dos pais e irmãos.
  • Não autorizar o seu filho a brincar na rua sem a supervisão de um adulto conhecido.
  • Evite deixar o seu filho em casa sozinho.
  • Providenciar a carteira de identidade do seu filho, através do Instituto de Identificação.

Deixe o seu comentário