Máscaras não serão mais obrigatórias em locais abertos do Ceará a partir de segunda-feira, anuncia Camilo

Notícias

O governador Camilo Santana (PT) anunciou, nesta sexta-feira (18), a flexibilização do uso de máscaras em ambientes abertos no Ceará. Desta forma, a utilização dos equipamentos de prevenção contra o coronavírus ficam a critério de cada cidadão. Em ambientes fechados, contudo, as máscaras ainda não foram liberadas.

A decisão passa a valer a partir de segunda-feira (21) e deve ser regulamentada no decreto que será publicado neste sábado.

“Nós decidimos desobrigar o uso de máscaras nos espaços abertos, ao ar livre, a partir de segunda-feira, dia 21. Lembramos que recomenda-se ainda o uso de máscaras para pessoas com sistema imunológico mais frágil, com comorbidades, mas é apenas uma recomendação”, afirmou o governador.

O prefeito da capital, José Sarto, e o secretário estadual de Saúde, Marcos Gadelha, participaram da live nas redes sociais do governador.

A decisão pela desobrigação já vinha sendo discutida desde a semana passada no Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia. O próprio governador disse que o assunto seria debatido nesta sexta, seguindo a tendência de vários estados brasileiros. No início da semana, o secretário da Saúde, Marcos Gadelha, afirmou que a passaria por um estudo do conselho técnico e científico.

Sobre os locais fechados, Camilo reforçou que continua a obrigatoriedade do uso das máscaras. Novas avaliações serão realizadas nas próximas semanas para discutir a flexibilização do item também nos espaços fechados.

A flexibilização divide especialistas consultados pelo g1. Enquanto o epidemiologista Luciano Pamplona avalia que o atual cenário epidemiológico pode permitir a flexibilização, se feita de maneira adequada e com conscientização das autoridades, a epidemiologista Caroline Florêncio duvida se a resolução vai impactar tanto no cenário, já que o uso nunca foi devidamente respeitado.

Flexibilização

Nas últimas semanas, o governo do Ceará vem flexibilizando diversas medidas que haviam sido endurecidas por causa da terceira onda da pandemia, provocada pela variante ômicron.

No início de março, Camilo permitiu a realização de eventos sociais, festivos, esportivos e corporativos sem restrição de público. O comprovante de vacinação continua sendo obrigatório em diversos estabelecimentos do estado e, a partir de segunda-feira (21), os adultos deverão comprovar a aplicação das três doses.

Foto: Shutterstock / Fonte: G1 CE

Deixe o seu comentário