Mais de 64 mil raios são registrados no Ceará até a manhã desta sexta-feira, diz Enel

Notícias

A Enel Distribuição Ceará contabilizou 64.525 raios em todo o estado desde o início do ano até a manhã desta sexta-feira (11), através do sistema de monitoramento e alerta. O sistema monitora, entre outras ocorrências, as descargas atmosféricas no Ceará.
Até então, os municípios mais atingidos são:

Granja (3.641);

Crateús (2.263);

Morada Nova (1.651);

Santa Quitéria(1.648);

Cariús (1.245).

Dentre as macrorregiões mais afetadas no estado, o Centro-Sul lidera os registros, com um total de 8.990 raios; seguido pelo Vale do Jaguaribe (8.550) e pelo Sertão do Crateús (8.044). Em 13 de janeiro, foi registrado o maior número de descargas atmosféricas no Ceará, contabilizando um total de 6.852 raios, seguido pelo dia 11 de janeiro (5.333) e pelo dia 10 de março (3.073).
Em 2021, Granja e Santa Quitéria se mantiveram no ranking e foram os municípios com maior incidência de raios, sendo Granja o primeiro lugar (7.461) e Santa Quitéria, o segundo (3.327). Março de 2021 foi o mês com o maior número de incidências, com o registro de 32.463 descargas atmosféricas. Ao todo, foram contabilizados 97.795 raios no Ceará.

Sistema de monitoramento e alerta

O sistema de monitoramento e alerta auxilia na verificação de possíveis ocorrências na rede da Enel, possibilitando que técnicos e engenheiros monitorem, em tempo real, todo o Ceará e, em caso de alguma ocorrência, agir de maneira mais assertiva e rápida.

O trabalho é realizado 24h por dia pelo Centro de Controle do Sistema (CCS), a partir de satélite, com dados fornecidos em tempo real pelo Climatempo, e serve para otimizar o serviço em caso de interrupção no fornecimento de energia.

Foto: Rodolfo Bonafim / Fonte: G1 CE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.