Lula sugere a Alckmin programa de descontos para eletrodomésticos

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sugeriu ao vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB), nesta quarta-feira (12/7), a criação de um programa de incentivo à compra de eletrodomésticos da linha branca, como geladeira, máquina de lavar e televisores.

- continua depois da publicidade -

------

“Até falei para o Alckmin: que tal a gente fazer uma aberturazinha para linha branca outra vez? Facilitar a compra de geladeira, televisão, máquina de lavar roupa. As pessoas de quando em quando precisam trocar seus utensílios domésticos”, disse Lula, em cerimônia de condecoração de cientistas e pesquisadores no Palácio do Planalto.

Ele emendou: “Quando a geladeira velha tá batendo, não tá gelando a cerveja bem, e tá gastando muita energia, você tem que trocar. E, se está caro, vamos baratear, tentar encontrar um jeito”.

- publicidade -

------

Em seu segundo mandato como presidente, em 2009, Lula promoveu um programa que reduzia o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre itens da linha branca. A ideia sugerida pelo presidente é de retomar a iniciativa, após o programa de descontos em carros populares zero quilômetro, que foi encerrado na semana passada.

Na sequência, se dirigindo à ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet (MDB), e ao presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante, Lula brincou: “Abre a mão um pouquinho para a gente poder facilitar a vida desse povo que quer ter acesso às coisas.”

O presidente disse ainda que é preciso consumir de “forma responsável” e que “ninguém pode gastar o que não tem”. Ele afirmou que o governo deve lançar nos próximos dias o Desenrola, programa de renegociação de dívidas de pessoas físicas, que também tem como objetivo aquecer o consumo no país.

Correio brasiliense.

Contents

Deixe o seu comentário