itapemirim

Itapemirim cancela todos os voos e suspende operações

Notícias

A Itapemirim Transportes Aéreos suspendeu as operações após suspender contrato com a terceirizada.

Os relatos começaram no início da noite desta sexta (17), quando, de maneira anônima, fontes informaram ao AEROIN que a WFS Orbital parou de atender ao contrato com a ITA, após ser comunicada pela empresa aérea da necessidade de uma “reestruturação interna”. Junto, também veio a informação de que os pagamentos à terceirizada estão atrasados, embora isso não tenha sido diretamente vinculado ao cessamento as operações.

Ao AEROIN, a WFS Orbital mais tarde esclareceu que “não suspendeu voluntariamente os atendimentos e também foi surpreendida pela decisão, que teve por justificativa uma “reestruturação”, comunicada apenas na noite de sexta-feira (17/12)”.

Por consequência, uma paralisação ocorreu inicialmente nos Aeroportos de Guarulhos e Confins, sendo que no primeiro os funcionários foram informados que irão trabalhar para a LATAM a partir de amanhã, e no segundo deverão ser desligados da empresa, disseram fontes.

Um vídeo enviado por um passageiro, que não quis se identificar, mostra uma movimentação no check-in da ITA em Guarulhos, sem funcionários para atender e com presença de seguranças do aeroporto para conter possíveis confusões.

A Itapemirim, em nota, confirmou que “por iniciativa própria, suspendeu temporariamente as operações de sua companhia aérea, a ITA, no início da noite desta sexta-feira (17) para uma reestruturação interna. A decisão foi tomada por necessidade de ajustes operacionais. A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) já foi informada da decisão.

A ITA lamenta os transtornos causados e afirma que irá continuar prestando toda assistência aos passageiros impactados, conforme prevê a resolução 400 da ANAC.

A companhia orienta os passageiros com viagens programadas para os próximos dias que entrem em contato pelo e-mail falecomaita@voeita.com.br. A companhia irá dedicar o máximo esforço para, em breve, retomar seus voos.

O Grupo Itapemirim informa também que essa decisão não afeta a prestação de serviço do transporte rodoviário, por meio da Viação Itapemirim, cujas operações seguem normalmente.”

Aerolin

Deixe o seu comentário