Forças de Segurança capturam 113 pessoas e apreendem 44 armas e mais de mil munições durante ações no Ceará

As ações de enfrentamento à criminalidade realizadas pelas Forças de Segurança do Estado culminaram nas capturas de 113 pessoas suspeitas de envolvimento em Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) e outros crimes em todo o Ceará, além das apreensões de 44 armas e mais de mil munições. O número é referente aos 30 dias das diligências que ocorreram em todo o Estado durante o primeiro mês da Operação Paz, promovida em âmbito nacional.

- continua depois da publicidade -

------

O trabalho estratégico em todo o território cearense é desenvolvido a partir de dados obtidos pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp) da SSPDS e conta com a atuação de equipes da Coordenadoria de Planejamento Operacional (Copol/SSPDS), da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) e da Polícia Militar do Ceará (PMCE), além de contar ainda com o auxílio das Inteligências da SSPDS, da PC-CE e da PMCE. Os trabalhos das Forças de Segurança seguirão intensamente por quatro meses, de setembro até o mês dezembro.

Trabalho integrado

Foram 28 mandados de prisões cumpridos por homicídio, 40 mandados de prisão cumpridos por outros crimes, 18 prisões em flagrante por homicídios consumados e 16 prisões em flagrantes por outros crimes. Ainda durante os trabalhos policiais, 11 adolescentes foram capturados em flagrante ou por força de cumprimento de mandados de busca e apreensão. Ainda nas ofensivas, cerca de 3.690 pessoas e 1.208 veículos também foram abordados, além de 171 blitze serem realizadas em todo Estado, resultando na notificação de 982 pessoas.

- publicidade -

------

Capturas

Em uma das ações, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) capturou um homem apontado como partícipe de uma ocorrência que resultou nas mortes de quatro pessoas, no bairro Mestre Antônio – Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11) do Estado, no último dia 28 de setembro. O homem de 22 anos, com passagens por homicídio doloso e integrar organização criminosa foi capturado em uma residência com um revólver calibre 38 e seis munições. O suspeito foi autuado por integrar organização criminosa e por porte ilegal de arma de fogo.

No mesmo dia, uma equipe da Polícia Militar do Ceará (PMCE) estava realizando uma blitz no município de Quixadá (AIS 20), quando abordaram um um homem em um veículo. Dentro do carro, os policiais encontraram dois mil reais e cerca de 120 cartões de aposentadorias e auxílios. O homem identificado como José Geidson de Almeida, de 30 anos, com passagens por receptação, foi capturado e encaminhado para a Delegacia Regional de Quixadá, unidade da PC-CE, onde foi autuado por crime contra o idoso e crimes contra economia popular.

Ação interestadual

No mesmo dia, durante uma ação integrada da PC-CE com Polícia Civil do Estado do Pará (PCPA), os policiais cumpriram um mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem de 37 anos, investigado por ser chefe de um grupo criminoso responsável por homicídios ocorridos nos municípios de Jaguaribe, Alto Santo e Icó (AIS 18). Após investigações que culminaram na localização do foragido, o homem foi capturado no município de Rurópolis, no estado do Pará.

Fonte e foto: Ascom SSPDS

Contents

Deixe o seu comentário