Flexibilização recua e eventos festivos vão ter redução de público por 30 dias, anuncia Camilo

Notícias

O governador Camilo Santana (PT) informou, em transmissão ao vivo nesta quarta-feira (5), que estão suspensos todos os eventos de carnaval e pré-carnaval em todo o estado do Ceará, e os outros eventos festivos e sociais com controle de acesso terão menos público por 30 dias.

As novas regras passam a valer a partir desta quinta-feira (6). Ainda nesta quarta vai ser publicada uma edição extra do Diário Oficial do Estado (DOE).

A capacidade de público será de:

250 pessoas em ambientes fechados

500 em ambientes abertos

A decisão reduz em dez vezes a atual capacidade permitida no estado, que é de 2.500 pessoas em locai fechado e 5.000 em locais abertos.

O governador também pontuou outras medidas que vão ser adotadas no estado, como:

Retomar o atendimento no Hospital Leonardo da Vinci para ser a unidade de referência no atendimento a síndrome gripal; ampliando de 10 para 60 leitos para síndromes respiratórias.

Aumentar a testagem do vírus. Camilo disse que vai distribuir testes para todos os municípios cearenses.

Distribuir medicamento tamiflu, apontado por ele como fundamental para o tratamento de síndromes respiratórias.

Ampliar o serviço de atendimento por telemedicina na Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) para quando as pessoas começarem a sentir os primeiros sintomas.

Camilo comentou que as medidas acontecem por conta do atual cenário epidemiológico do estado, que enfrenta a propagação da variante ômicron do coronavírus e da influenza h3n2.
“Já tem uma sinalização que a ômicron é a variante predominante aqui no estado do Ceará; é uma variante, os estudos científicos mostram, que tem alta capacidade de disseminação, é muito rápida e, aqui, somada a questão da ômicron, nós estamos tendo uma síndrome respiratória muito forte no mês de janeiro, que é atípica”, explicou o governador.
Camilo antecipou a reunião do Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia de Covid-19 em dois dias por causa do aumento de casos confirmados de Covid-19 e influenza no Ceará. Ele já havia sinalizado mudanças no decreto de isolamento social, especialmente, para maior restrição na realização de eventos festivos.

Situação epidemiológica

O número de atendimentos por síndrome gripal nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) subiu mais de 1000% no mês de dezembro, em comparação com o mês de novembro. Segundo dados do IntegraSUS, o índice de atendimentos por gripe saiu de 415 pacientes atendidos para 4.890. Já por Covid-19, o aumento foi de 787 para 1.252.
Apenas nos primeiros quatro dias do ano, o IntegraSUS já registra 5.474 atendimentos por síndrome gripal nas UPAs de Fortaleza. Veja os números por dia:

1/1: 1.264

2/1: 909

3/1: 1.703

4/1: 1.598

Foto: Reprodução / Fonte: G1 CE

Deixe o seu comentário