Expocrato 2022 deve movimentar R$ 50 milhões

Barbalha Cariri Crato Entretenimento Juazeiro do Norte Notícias

A Expocrato reúne criadores de todo o Nordeste, mas além da tradição e da injeção na economia, tem algo que é muito humano: os reencontros.

A estimativa é do vice-presidente do Grupo Gestor da feira, Gonzaga de Melo Neto. Ele afirma que a cifra é modesta, mas deve ser superada se o movimento no parque continuar maior do que o registrado em 2019, ano do último evento, antes da pandemia. O termômetro é o número de animais de grande porte que estarão na exposição. Gonzaga afirma que a capacidade máxima já foi atingida: 535, inclusive com a necessidade de construção de um novo pavilhão.

A Expocrato reúne criadores de todo o Nordeste. O evento começa dia 10 e vai até 17 de julho. A intenção deles é mostrar e conhecer pessoas e, assim, manter contatos e fazer negócio nos próximos meses. É um espaço para buscar clientes e investimentos. A feira agropecuária em si já é um evento concorrido. Mas a Expocrato tem outros diferenciais.

Primeiramente, o festival de música. São 8 noites de show com atrações do sertanejo, do forró, do pop/rock e de outros ritmos. A segunda característica da Expocrato é a tradição. São 78 anos de evento. Nós crescemos visitando a Expocrato, levamos os nossos filhos para conhecer, contamos os dias para o começo da festa. O tempo está mais frio. As pessoas compram roupa e calçado novos para ir à feira!
Além da tradição e da injeção na economia, a Expocrato tem algo que é muito humano: os reencontros. Na próxima semana, vamos rever amigos e parentes. Muitos moram aqui mesmo e não nos encontramos nos outros dias por causa dos compromissos diários. Outros e são milhares vêm de longe, estão voltando ao Cariri ou visitando pela primeira vez.

Diário Do Nordeste

Deixe o seu comentário