Brejo Santo terá uma Instituição de Longa Permanência para Idosos

Notícias Cariri

Voltada aos moradores de Brejo Santo e cidades vizinhas, está sendo construída uma Instituição de Longa Permanência para Idosos, já com 45% de apronto. O estabelecimento integra o Programa de Apoio às Reformas Sociais do Ceará (Proares II) desenvolvido pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS). Tem como meta dar acolhimento a 80 idosos em situação de abandono ou negligência por parte da família.

O projeto da estrutura nasceu com uma proposta-padrão, que poderá ser implantada em outros municípios do Ceará. Ele busca garantir um espaço que permita o acesso dos idosos aos serviços disponíveis na rede de proteção social, como na área da saúde, educação, atividades culturais e de lazer, além da autonomia, independência e restauração de vínculos familiares.

“Neste equipamento vamos acolher idosos em situação de vulnerabilidade social, com o objetivo de levar um pouco de conforto para eles através de um acolhimento humanizado. Queremos que eles se sintam cuidados e tenham seus direitos respeitados”, destaca a titular da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), Onélia Santana.

Implantada num terreno de 15.000 m² de área, a instituição está organizada em blocos que se dividem da seguinte forma: 6 blocos de dormitórios, 2 salas de atividades, centro ecumênico, refeitório, sala de repouso masculina e feminina, banheiros em todos os blocos, bloco da saúde, bloco de serviços, 4 praças, área de estacionamento e toda uma estrutura adaptada às necessidades dos idosos.

“Esta é a segunda unidade do Governo do Ceará voltada para este público, a primeira fica na Capital e já vem desenvolvendo um trabalho de atenção e cuidado com as necessidades e especificidades dos idosos acolhidos. Esta nova unidade vai atender em nível regional e vem para interiorizar a política do acolhimento”, complementa a secretária.

“O equipamento oferecerá uma estrutura de excelente qualidade, pensada com padrões de acessibilidade, convivência, saúde e lazer, que, sem dúvidas, possibilitarão um acolhimento digno aos idosos em situação de abandono ou negligenciados”, afirma o superintendente adjunto de edificações da Superintendência de Obras Públicas (SOP), Caio Timbó.

A SOP é interveniente técnica do projeto que recebeu investimentos do Tesouro do Estado e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A construção da instituição já teve concluídos os serviços de concretagem de vigas e lajes. Atualmente são executados os serviços de alvenaria e reboco, piso industrial, construção do muro externo e instalações elétricas e hidráulicas. A previsão é que a instituição de longa permanência para idosos fique pronta ainda este ano.

Deixe o seu comentário