Após compra de ações, Elon Musk decide não integrar conselho do Twitter

Notícias

Elon Musk, maior acionista do Twitter, decidiu não integrar o conselho administrativo da empresa, informou o CEO Parag Agrawai nas redes sociais na madrugada desta segunda-feira (11).
Musk, CEO da Tesla e da SpaceX, comprou 9,2% das ações do Twitter no início da semana passada e recebeu uma oferta para se juntar ao conselho na última terça-feira (5).
“A nomeação de Elon ao comitê seria oficializada em 9 de abril (sábado), mas Elon informou naquela manhã que não faria mais parte do conselho”, escreveu Agrawai em um comunicado.

“Acredito que isso seja para o melhor. Temos e sempre valorizamos a contribuição de nossos acionistas, estando ou não em nosso conselho. Elon é nosso maior acionista e continuaremos abertos a suas contribuições”, afirmou o CEO do Twitter,
Com mais de 80 milhões de seguidores na rede social, Musk questionou o compromisso do Twitter com a liberdade de expressão. Ele comprou mais de 9% das ações da empresa em março deste ano, tornando-se o maior acionista. Desde então, o bilionário compartilhou algumas de suas ideias para a rede social, como a possibilidade de edição de tweets e uma assinatura premium.

Foto: 13/06/2019REUTERS/Mike Blake / Fonte: CNN Brasil

Deixe o seu comentário