Adolescente que contraiu raiva humana morre no Distrito Federal

Notícias

O adolescente, na faixa etária de 15 a 18 anos, infectado com raiva humana no Distrito Federal, morreu neste sábado (30). O jovem estava internado em um hospital particular desde o dia 20 de junho. A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde (SES-DF), que também afirma que “todas as medidas necessárias de investigação epidemiológica, controle e profilaxia foram tomadas pela SES, junto aos familiares, contatos próximos e profissionais de saúde”.

O jovem foi foi infectado em 21 de maio, após ser arranhado por um gato. Esse foi o primeiro caso de raiva humana em 44 anos na capital. Antes, um outro caso tinha sido registrado, em 1978, e o paciente era uma criança, que também morreu. De acordo com a pasta, medidas de bloqueio de foco e controle animal foram intensificadas em todo o DF, como a antecipação da campanha de vacinação antirrábica animal em áreas urbanas e rurais. Até esta sexta-feira (29), a secretaria vacinou 120.282 animais entre cães e gatos. as informações são do g1.

📸 Andre Borges/Agência Brasília

Deixe o seu comentário