A Agência Nacional de Vigilância Sanitária aumentou a lista de chocolates proibidos no Brasil.

Notícias

A partir desta quarta (27), ficam restritos todos os produtos da linha Kinder Choco-Bons fabricados na Bélgica e importados ao país por suspeita de contaminação por salmonela. A última medida, divulgada em 20 de abril, proibia somente os chocolates brancos.

A Anvisa precisou ampliar a restrição uma vez que “a empresa Ferrero do Brasil informou ter identificado a comercialização de lotes desses produtos, importados por terceiros para o país”. Segundo a agêndia, “esse chocolate é fabricado nos sabores cacau e branco e está disponível em embalagens de 46g, 125g, 200g e 300g”.

Os produtos fabricados pela Ferrero (fabricante dos chocolates Kinder) no Brasil não são afetados pela decisão.

Deixe o seu comentário