Ceará receberá 180 mil vacinas para dose de reforço de profissionais da saúde e idosos acima de 60 anos

O Ceará receberá 180,1 mil doses de vacina contra a Covid-19 para o reforço da população, conforme planejamento anunciado pelo Ministério da Saúde, nesta quarta-feira (29). Desse total, 159,1 mil serão para a imunização de profissionais de saúde que atuam na linha de frente da pandemia, e o restante (21 mil) para idosos acima de 60 anos.

O órgão, no entanto, não especifica a data de entrega. Informa apenas que a distribuição ocorrerá “nos próximos dias”. A aplicação desta dose ocorre, preferencialmente, com a Pfizer.

VEJA COMO SERÃO DISTRIBUÍDAS AS DOSES AO CEARÁ:

Idoso até 70 anos: 9.770 doses

Idosos até 60 anos: 9.247 doses

Reserva técnica: 2.043 doses

Total para a população idosa: 21.060 doses

Profissionais de saúde: 144.477 doses

Reserva técnica: 14.643 doses

Total para trabalhadores a área: 159.120 doses

Segundo o Ministério, serão enviadas 6,4 milhões vacinas para todos os estados brasileiros e Distrito Federal, incluindo 2,4 milhões de Astrazeneca, produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e 3,9 milhões de Pfizer/ Biontech.

CEARÁ RECEBERÁ ASTRAZENECA PARA A D2

O Ceará também receberá vacinas da Astrazeneca para a segunda aplicação (D2) da população, por faixa etária. Ao todo, serão 112,9 mil doses deste imunizante. O quantitativo inclui 10,6 mil doses para a reserva técnica.

REFORÇO NO BRASIL

No País, o reforço começou neste mês de setembro, com pessoas acima de 70 anos e imunossuprimidas. Em Fortaleza, a aplicação desta dose começou no dia 8 de setembro, em idosos de instituições de longa permanência. Depois, avançou para os demais idosos.

Foto: Lillian Suwanrumpha/AFP / Fonte: Diário do Nordeste

Comentarios

Deixe o seu comentário