Secretaria de Segurança de Juazeiro esclarece sobre denúncia de abuso de poder

Secretaria de Segurança de Juazeiro esclarece sobre denúncia de abuso de poder

A Secretaria de Segurança Pública e Cidadania de Juazeiro do Norte esclarece sobre ações realizadas junto a uma associação no município e desmente, veementemente, a informação de que teriam ocorrido atos de abuso de autoridade. A falsa informação foi propagada na Câmara de Vereadores, nessa terça-feira, 22, pelo senhor Batista Crispim.

A ação desencadeada por equipes das Secretarias de Segurança e de Desenvolvimento Social e Trabalho ocorreu a partir de denúncias de que a associação UNICONJ, através do seu presidente, estaria cobrando a quantia de R$700,00 para cadastramento de famílias carentes, com a promessa de repassar casas remanescentes do programa “Casa Verde Amarela”.

O titular da pasta, Doriam Lucena, revela que, durante a abordagem, foi estabelecida conversa pacífica com o representante da entidade no interior do recinto, devidamente autorizada pelo próprio Batista Crispim. O secretário esclarece ainda que a entidade conta com vários processos em andamento por diversos crimes, e que não está autorizada a realizar esse tipo de procedimento, com a promessa de doação de um bem público.

O programa “Casa Verde e Amarela” é uma iniciativa do Governo Federal em parceria com a Caixa Econômica Federal e Prefeitura. Os critérios para aquisição das casas são fixados exclusivamente pela Sedest. Não há qualquer entidade paralela autorizada a realizar esse processo, bem como cobrar por ele de forma antecipada.

A apuração quanto às cobranças e da possível prática de fraude está a cargo da Polícia Civil. Já as falas contra o secretário, também devem ser apuradas e encaminhadas à Justiça.

Comentarios

Deixe o seu comentário