Psicóloga de 24 anos morre no HRC em Juazeiro quase 7 meses após grave acidente na BR-116 que deixou quatro mortos

_________

A psicóloga Rebeca Mariah de Sousa Ferrer, de 24 anos, que residia na Rua Artesão Manoel de Barro, bairro Tiradentes, em Juazeiro, morreu às 7 horas deste domingo (11/07), num dos leitos do Hospital Regional do Cariri (HRC). Foi a quinta vítima fatal de um grave acidente de trânsito registrado no início da madrugada do último dia 20 de dezembro, na BR-116, no município de Jaguaribe.

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Naquele dia o carro no qual viajavam pela rodovia federal na direção de Fortaleza colidiu num caminhão que vinha em sentido contrário o qual tombou sobre o veículo que seguia de Juazeiro. No local, morreram a professora Ana Patrícia Paes da Silva; o estudante Hércules de Souza Moreira, de 23; a estudante e cozinheira Ana Beatriz de Almeida Ricarte, de 21; e a engenheira civil Hayarla Mirley Matias de Sousa, que era a dona do veículo.

A única sobrevivente tinha sido Rebeca, que terminou socorrida no helicóptero da Ciopaer e em estado grave a um dos hospitais de Fortaleza. Durante o período em que esteve internada na capital, a psicóloga enfrentou infecções, paradas cardíacas e até chegou a contrair a Covid-19. Entretanto, após seis meses internada em Fortaleza, recebeu alta médica e retornou no final de junho para sua casa em Juazeiro.

Em matéria produzida por uma equipe da TV Verdes Mares Cariri e levada ao ar no último dia 28 de junho, Rebeca teve a oportunidade de falar sobre o que lembrava do acidente. Mais que isso: manifestou sua dor e a revelação que quase todas as noites sonhava com os amigos que tinham morrido. A psicóloga voltou a passar mal e foi internada no HRC onde morreu nesta manhã de domingo.

Foto: Divulgação/ Instagram

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Fonte: Site Miséria

Comentarios

Comente