Após “Festa do beijo”, Polícia Civil autua 32 pessoas suspeitas de infringir decreto estadual em Juazeiro do Norte

_________

Em meio à realidade de hospitais cheios e equipes médicas exaustas, ainda existem aqueles que insistem em participar de eventos com aglomerações e desrespeitando as medidas sanitárias para evitar a propagação da Covid-19. Em Juazeiro do Norte, o exemplo disso estão as 32 pessoas autuadas pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE).

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Elas foram identificadas após aparecer em vídeos divulgados nas redes sociais participando de uma festa no bairro Brejo Seco, na cidade de Juazeiro do Norte, na Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19) do Estado. O caso ocorreu no último dia 21 de maio e o procedimento policial foi encaminhado ao Poder Judiciário nesta segunda-feira (31).

O Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) instaurado para apurar a conduta dos envolvidos foi concluído e resultou na autuação de 32 pessoas, entre elas estudantes do curso de medicina. Entre os autuados estão uma digital influencer que postou um dos vídeos usados pela Polícia Civil para identificar os participantes. Todos responderão por descumprir medidas sanitárias estabelecidas por decretos municipal e estadual de enfrentamento contra a Covid-19, com base no artigo 268 do Código Penal.

Após identificação dos suspeitos por meio de recursos tecnológicos e inteligência policial, o grupo foi intimado a comparecer à delegacia, onde um a um, os investigados foram ouvidos. Eles assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por infração à determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Faça sua parte!

A população pode e deve colaborar para que as medidas sanitárias sejam cumpridas, diminuindo as chances de novas contaminações durante o período de vigência dos decretos. Fique em casa com seus familiares, redobre os cuidados com a higiene pessoal e informe, por meio dos canais de denúncias dos órgãos de fiscalização, os locais onde ocorrem aglomerações e o descumprimento do decreto estadual com medidas para evitar a proliferação do coronavírus.

Foto: Reprodução/ Redes Sociais

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Fonte: @civil.juazeiro

Comentarios

Comente