‘Don Juan’ que seduzia mulheres para abrir empresas em nome das vítimas é preso em Fortaleza

_________

A Polícia Civil prendeu um homem natural de Rondônia suspeito de seduzir mulheres para abrir empresas em nome delas. A prisão de Ítalo Rodrigues Alves, 33 anos, aconteceu na sexta-feira (7) em uma pousada na Praia de Iracema, em Fortaleza, mas foi divulgada nesta terça-feira (11).

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Segundo o titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Rommel Kerth, o “Don Juan” se apresentava em redes sociais como empresário que divulgava a produção de eventos para arrecadar dinheiro e patrocínios, entretanto, após obter os recursos, ele sumia com os valores. A maioria das vítimas são mulheres do Rio Grande do Norte.

“Ele se identificava como empresário, como uma pessoa rica e de grande influência social. Temos fotos dele com ex-políticos de Natal, ex-prefeitos, até em programas televisivos ele já apareceu lá em Natal. Isso, ele se passando como empresário e montando algumas empresas. Essas que deram grandes prejuízos. Principalmente empresas do ramo de eventos e venda de passagens aéreas”, afirmou Kerth.

O titular da DRF explicou como ele selecionava a pessoa que iria enganar. A preferência era por mulheres com boa condição financeira e que tivesse nome limpo no comércio para justamente abrir empresas no nomes das vítimas.

“A preferência é o lado econômico desta pessoa. Nós temos alguns detalhes de pessoas, de mulheres de meia idade, o que a gente sabe, principalmente das vítimas lá de Natal , é que seriam de mulheres ou com condição financeira confortável ou até mesmo com nome limpo na praça. Essas pessoas foram usadas para abrir empresas em nome delas sobre o argumento que iam prosperar financeiramente”, afirmou Rommel Kert.

Kerth afirmou que o “Don Juan” como apontam as investigações enganava as mulheres para obter dinheiro, objetos de alto valor, compras e realizava a abertura de empresas em nome das mulheres com as quais ele se relacionava. De acordo com a polícia estima-se que só em Natal, Ítalo Rodrigo tenha embolsado cerca de R$ 35 mil somente com uma vítima.

“Ele abriu uma empresa no Rio Grande do Norte para patrocinar para executar um show gospel. Um evento gospel. Neste evento ele conseguiu fundos de vários patrocinadores e empresários. E no dia do evento ele não ocorreu. Tudo aquilo que ele havia prometido não tinha sido cumprido. E o dinheiro que ele conseguiu arrecadar ele subtraiu grande parte. Após isso ele foi embora. Só que essa empresa está no nome de uma das mulheres que foi seduzida por ele”, disse.

O histórico de crimes do homem ainda inclui um registro de extorsão no ano passado, no Rio de Janeiro. Diante de todos os crimes, o suspeito tentou se esconder no Ceará, mas foi localizado por equipes da Polícia Civil do Ceará com apoio da Polícia Civil do Rio Grande do Norte.

Foto: Polícia Civil

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Fonte: Portal G1 CE

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Comentarios

Comente