Mais de 75 mil raios já caíram no Ceará desde o início do ano, diz Enel; Crateús registra maior incidência

_________

O Ceará já registrou um total de 75.157 raios em todo o estado, de acordo com dados fechados até o mês de maio pela Enel Distribuição Ceará. A contabilização ocorre por meio do Sistema de Monitoramento e Alerta que monitora, entre outras ocorrências, as descargas atmosféricas no estado. Com as chuvas dessa madrugada, a macrorregião do Sertão de Crateús contabiliza, sozinha, 12.618 raios.

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Segundo a Enel, o Vale do Jaguaribe e o Litoral Norte aparecem em seguida, com 11.458 e 11.043 raios, respectivamente. Até então, os municípios mais atingidos são Granja (4.909), Santa Quitéria (2.914), Crateús (2.369), Morada Nova (2.258) e Sobral (2.022). Nesta madrugada, com as chuvas no estado, foram 44 registros no estado.

Somente em abril, foram registradas 12.241 descargas, enquanto no mês de maio, foram 1.178 raios em apenas 4 dias. Com esses dados, 18 de março continua a ser o dia com maior incidência de descargas atmosféricas no Ceará, totalizando 2.686. Março também segue como o mês com maior volume no ano, seguido de fevereiro, com 32.463.

Monitoramento

Além de chuvas, ventos fortes, queimadas e descargas atmosféricas, o Sistema de Monitoramento e Alerta auxilia na verificação de possíveis ocorrências na rede da distribuidora, possibilitando que técnicos e engenheiros monitorem, em tempo real, todo o Ceará e, em caso de alguma ocorrência, agir de maneira mais assertiva e rápida. O trabalho é realizado 24 horas por dia pelo Centro de Controle do Sistema (CCS), a partir de satélite, com dados fornecidos em tempo real pelo Climatempo, e serve para otimizar o serviço em caso de interrupção no fornecimento de energia.

O sistema emite boletins diários sobre as condições meteorológicas de todo o Ceará e antecipa contingências no atendimento de emergência. Além disso, o programa conta com previsão de chuvas, monitoramento das áreas e alertas para previsão de riscos para cada local monitorado.

Alerta

Cuidados dentro de casa durante tempestade:

Evitar o uso do celular, secador de cabelo e ferro elétrico conectados à tomada;

Evitar uso de chuveiro ou torneira elétrica;

Evitar consertos de instalações elétricas;

Se possível, permanecer dentro de casa enquanto a tempestade durar.

Cuidados fora de casa durante tempestade:

Evitar contato com objetos metálicos, como cercas de arame, tubos metálicos e principalmente linhas telefônicas ou elétricas;

Evitar estar em locais como campos abertos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes e locais elevados.

Foto: Marcelo de Nardi Zanetti/VC no G1

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Fonte: Portal G1 CE

Comentarios

Comente