Cardiopatas vão ser os primeiros da lista de prioridades a receber 1ª dose na 3ª fase da vacinação no Ceará

_________

Os cardiopatas serão os primeiros da lista de prioridades para receber a 1ª dose de vacinação na 3ª fase da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Covid-19. Segundo a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), a fase será dividida em duas etapas seguindo a ordem por comorbidade definida em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) do Estado, nesta segunda-feira (3).

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

As doses da Pfizer vão ser aplicadas exclusivamente em Fortaleza devido às recomendações especiais de transporte e armazenamento e começam a ser usadas no Ceará nesta fase.
Serão duas doses, com intervalo de 12 semanas entre a primeira e a segunda, conforme orientação do Ministério da Saúde.
No grupo da 3ª fase estão incluídas grávidas, puérperas, pessoas com deficiência permanente e com comorbidades, que deverão apresentar atestado, prescrição ou relatório médico especificando a indicação da vacina pelo médico.
Conforme a Sesa, esta semana o Ceará poderá seguir para o terceiro momento de vacinação contra a Covid-19, porém, para isso ocorrer, é necessária a finalização da vacinação dos grupos prioritários definidos nas fases anteriores.

Na ordem de prioridade de comorbidades para receber a vacina da Pfizer, segundo a Sesa, estão: cardiopatia (Prioridade 1), diabetes (Prioridade 2), obesidade com IMC acima de 40 (Prioridade 3), doença neurológica (Prioridade 4), pneumopatias (Prioridade 5), doença renal crônica (Prioridade 6) e imunodeficiência (Prioridade 7).

Etapas da 3ª fase

A Sesa explica que as pessoas da 3ª fase da vacinação no Estado serão divididas em duas etapas para receber o imunizante:
Fase A:

Gestantes e puerpérias com comorbidades, independente da idade (18 a 59 anos);

Pessoas com Síndrome de Down, independente da idade, independente da idade (18 a 59 anos);

Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise), independente da idade (18 a 59 anos);

Pessoas com comorbidades ou deficiência permanente de 55 a 59 anos (cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (PBC) ou no Censo da Pessoa com Deficiência do Estado do Ceará ou no Saúde Digital Vacinação.

Fase B

Gestantes ou puerpérias independente de condições pré-existentes;

Pessoas com comorbidade e/ou deficiência permanente de 18 a 54 anos (em ordem decrescente).

Caso apresente sintomas gripais ou de Covid-19, a pasta reforça que o paciente aguarde 28 dias após o desaparecimento das manifestações antes da imunização. A Sesa orienta, ainda, que o cidadão não deixe de se vacinar caso haja atraso no envio das segundas doses, por parte do Ministério da Saúde, nem que reinicie o esquema vacinal.

Foto: Raiane Miranda

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Fonte: Portal G1 CE

Comentarios

Comente