Flávio Bolsonaro diz que ‘ombro saiu do lugar’ na queda e que vídeo que circula como se fosse do incidente é fake

_________

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) afirmou neste domingo (18) nas redes sociais que deslocou o ombro e vai fazer exames. Ele sofreu um acidente na praia da Taíba, no litoral do Ceará. “Sofri uma queda leve no sábado e meu ombro saiu do lugar. Agora estou sem dor e farei exames para saber o grau da lesão”, disse.

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

“O vídeo que está circulando sendo atribuído a mim é Fake, não sou eu! Também é Fake que usei avião da FAB. Obrigado a todos que se preocuparam comigo!”, afirmou.
Um vídeo que circula nas redes sociais mostra a queda de um homem em um quadriciclo na faixa plana de areia, mas o acidente foi em um monte formado por areias conhecido como “Duna do Casarão”, segundo um profissional que presta de serviços de passeios na região e acompanhou o acidente.

Uma mulher chamada Ariany Leite Farias postou nos stories do Instagram que o homem no vídeo é marido dela e não o senador.

O senador caiu de um quadriciclo na tarde deste sábado (17) e foi atendido em uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), segundo a prefeitura da cidade de São Gonçalo do Amarante. Ele foi atendido pelo médico Marvel Faber Pelucio Falcão, que postou no Instagram foto com o senador.

A prefeitura da cidade disse em nota que o senador “foi acolhido” e estava “bem”. Ainda segundo a prefeitura, depois do atendimento por volta de 18h, Flávio retornou ao hotel e iria para Fortaleza, de onde partiria para Brasília.
A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante foi questionada sobre se o senador circulava em áreas permitidas, mas não respondeu até a publicação desta reportagem.

Ceará está em isolamento rígido

O Ceará está, durante este fim de semana, em isolamento social rígido. De acordo com o decreto estadual, só devem funcionar atividades essenciais (como supermercados, farmácias e hospitais), e a circulação de pessoas sem que estejam em deslocamento para estes serviços está proibida.

As normas do governo estadual ocorrem no contexto da segunda onda de Covid-19 que assola o Ceará desde o fim do ano passado e atingiu seus maiores números entre março e abril deste ano.

📸 Serginho/Papel Pã Notícias

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Fonte: Portal G1 CE

Comentarios

Comente