Falso empregador cobra exame admissional e engana dezenas de pessoas em Fortaleza

_________

Dezenas de pessoas foram enganadas por um falso agenciador de vagas de emprego em Fortaleza. O suspeito solicitou que as vítimas fizessem um exame admissional no valor de R$ 28; quando elas chegaram ao local marcado para entregar os documentos da contratação descobriram que se tratava de um prédio residencial, e a oferta de emprego era, na verdade, uma fraude.

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Uma moradora do condomínio relatou que desde terça-feira (6) pessoas chegam ao local em busca da empresa de empregos que não existe. Segundo a mulher, na manhã desta quarta (7), a quantidade de pessoas foi tão grande que formou uma aglomeração em frente ao prédio. A Polícia Militar foi acionada para o local.

Conforme as vítimas, entre as vagas ofertadas pelo falso agenciador estava a de auxiliar de serviços de limpeza, com salário inicial de R$ 1.185, além de outros benefícios. Os anúncios foram divulgados em um site de vendas.

Entrevista pelo WhatsApp

Lucas Alves da Silva, 19 anos, ficou sabendo da vaga através de um site de empregos e enviou o currículo para um e-mail indicado no anúncio.
Segundo o jovem, que está desempregado há quatro meses, o falso agenciador entrou em contato com ele através de mensagens no WhatsApp e informou que ele foi aprovado para a seleção, que consistia em responder uma série de perguntas sobre ele e os conhecimentos para a vaga que ele estava concorrendo.

📸 Arquivo pessoal

Lucas afirma que depois dessa etapa recebeu outra mensagem informando que havia sido aprovado e deveria comparecer ao endereço onde está o prédio residencial para entregar a documentação para a contratação.

Porém, segundo a mensagem do falso agenciador, antes de entregar a documentação o jovem deveria fazer um exame admissional em uma clínica na Rua Princesa Isabel, no Centro de Fortaleza, onde seria paga uma taxa de R$ 28.
Lucas desconfiou da taxa e não fez o pagamento. Já outras vítimas, chegaram a transferir o valor para o golpista.

Nesta quarta, data marcada para entrega da documentação, Lucas e os outros candidatos foram ao prédio indicado pelo falso agenciador e descobriram que haviam sido enganados.

📸 Leabém Monteiro/ SVM

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Fonte: Portal G1 CE

Comentarios

Comente