Flávia Viana se desculpa após receber do Governo por post sobre pandemia

_________

A influenciadora digital e ex-BBB Flávia Viana chorou hoje e se desculpou após aceitar receber dinheiro do Governo Federal para fazer uma publicação que incentivava o tratamento precoce contra a covid-19 — método que ainda não tem qualquer comprovação científica.

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

“Eu não acredito em tratamento precoce dessa doença tão louca que está espalhada por aí”, declarou a ex-sister em desabafo postado nos stories do Instagram.

Na época, a influenciadora fez uma publicação na rede social orientado seus seguidores a solicitar tratamento precoce a um médico caso sentissem qualquer sintoma que indicasse infecção por coronavírus.

 

Imagem: Reprodução/Instagram

Durante a fala, Flávia afirmou que sua equipe foi procurada em janeiro e fez a publicação com o intuito de alertar sobre os cuidados necessários para conter a escalada da pandemia da covid-19.

Em janeiro, a minha equipe foi procurada para a gente fazer um trabalho de divulgação dos cuidados que a gente teria que ter com a covid-19, e os trabalhos incluíam máscara e álcool gel, tudo que a gente tem falado desde o começo dessa pandemia. A minha intenção ao fazer esse trabalho foi única e exclusivamente ajudar. Foi uma intenção de cuidado com as pessoas que me assistem, cuidados com vocês.

A participante da sétima edição do BBB também fez questão de dizer que “não se mete com político” e tem nojo dos governantes do Brasil.

Não me meto com político, acho que o que os governantes fazem com a gente é fazer todo mundo de palhaço, eu tenho nojo de falar de quem governa do nosso país.

Entenda o caso

Uma reportagem da Agência Pública revelou que, em janeiro deste ano, a Secom (Secretaria de Comunicação do Governo Federal)) contratou quatro influenciadores, que receberam um montante de R$ 23 mil para falar sobre “atendimento precoce”. A verba saiu de um investimento total de R$ 19,9 milhões da campanha publicitária denominada “Cuidados Precoces COVID-19”.

A ex-BBB Flávia Viana recebeu, sozinha, R$ 11,5 mil, segundo os documentos obtidos.

No roteiro da ação, a Secom orientava os influenciadores a fazer um post no feed e seis stories — todos no Instagram — dizendo para os seguidores que, caso sentissem sintomas da covid-19, era “importante que você procure imediatamente um médico e solicite um atendimento precoce”.

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

UOL

Comentarios

Comente