Ceará deve receber novo lote de vacinas contra Covid-19 até a próxima quarta, diz Camilo

_________

O Ceará deve receber mais um lote de vacinas contra Covid-19 até a próxima quarta-feira (31), de acordo com o governador Camilo Santana (PT). Ele anunciou a chegada de mais imunizantes em live nesta segunda-feira (29).

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Camilo não detalhou qual vacina vai chegar ao estado, se a CoronVac, Oxford/Astrazeneca ou ambas. Ele destacou que espera novos indicativos do Ministério da Saúde.

“Vale gás”

Ainda durante live, Camilo aproveitou para assinar o decreto que regulamenta o programa social para distribuição de gás no Ceará. O governador já havia anunciado que o governo do estado vai voltar a distribuir o vale-gás de cozinha para 250 mil famílias de baixa renda em todo o estado. De acordo com ele, a previsão é que o item seja entregue entre 7 e 9 de abril.
“Vou aproveitar aqui hoje para assinar um decreto regulamentando projeto de lei que nós aprovamos, que é o decreto que regulamenta o programa social distribuição de gás, que nós autorizamos”, disse Camilo, que em seguida assinou o documento.

Cadastro para auxílio financeiro

O Ceará iniciou nesta segunda-feira (29) o cadastro para solicitação do auxílio financeiro aos profissionais do setor de restaurantes, bares e demais estabelecimentos de alimentação fora do lar. O valor do benefício é de R$ 1.000, pagos em duas parcelas de R$ 500.
Os profissionais da área têm até 8 de abril para se inscrever no site do auxílio. A medida deve beneficiar cerca de 10 mil trabalhadores.
“A lei de apoio ao setor foi sancionada por mim este mês e é mais uma inciativa para apoiar os cearenses neste momento de pandemia”, disse o governador Camilo Santana, em comentário nas redes sociais.

Comércio fechado

Com o decreto de isolamento social, bares e restaurantes estão impedidos de manter as atividades. O setor é um dos mais impactados pela pandemia e foi fechado em 2020 e novamente em 2021, com o novo pico de casos e mortes pela Covid-19.

O comércio de bares e restaurantes está fechado em Fortaleza há três semanas; e no Ceará, há duas semanas, quando as medidas de isolamento social foram estendidas para todo o estado.
O decreto de isolamento social foi estabelecido após um novo aumento dos casos da doença e, em consequência, crescimento das mortes pela Covid. Atualmente o Ceará tem hospitais lotados e dificuldade para adquirir insumos necessários para atender pacientes, como oxigênio e o “kit intubação”.

📸 Fabiane de Paula/SVM

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Fonte: Portal G1 CE

Comentarios

Comente