Romeiro viaja a pé de Pernambuco ao santuário de São Francisco, no Ceará, após irmão sobreviver à Covid-19

_________

O romeiro Rubiano Roberto passou 17 dias viajando a pé do município de Passira, em Pernambuco, até chegar ao santuário de São Francisco, em Juazeiro do Norte, no interior do Ceará, para pagar uma promessa nesta quarta-feira (17).

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

O irmão, Erick da Costa, estava intubado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com quadro grave de Covid-19, e Rubiano prometeu que caso o parente sobrevivesse, ele cumpriria a promessa de caminhar até o santuário.
Erick, que trabalha como agricultor, contraiu a Covid-19 e passou 52 dias internado em estado grave em um hospital de Pernambuco.

Em entrevista à TV Verdes Mares, Rubiano contou que, no momento do desespero, quando percebeu que estava perdendo o irmão em decorrência da doença pandêmica, rogou pela vida do parente e fez a promessa de caminhar até o santuário de São Francisco, no interior do Ceará, caso o irmão sobrevivesse.

Pouco tempo depois do pedido ao santo, conforme Rubiano, o irmão teve melhora do quadro de saúde e recebeu alta médica. Foi então que o romeiro cumpriu com o que foi prometido. Ao todo, foram mais de 400 quilômetros percorridos a pé.

📸 Lorena Tavares

Rubiano chegou a criar calos e feridas nos pés, mas não desistiu de cumprir a promessa. Ele contou com a ajuda do primo, Oberdan Gabriel, que veio de Pernambuco em um carro de apoio.
“Meu irmão pegou coronavírus e passou dois meses intubado. E no desespero, por ser uma pessoa que a gente ama tanto, eu não queria que ele morresse não. Tivemos um propósito de buscar a Deus e ele fez um milagre. Deus falou forte no meu coração dizendo que meu irmão não ia morrer”, relata Rubiano, emocionado.

📸 Lorena Tavares

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Fonte: Portal G1 CE

Comentarios

Comente