Em incidente com filtro do Zoom, advogado aparece como gato em audiência virtual

_________

A transmissão ao vivo de um processo judicial virtual no Texas sofreu uma interferência inusitada quando um advogado apareceu como um gato na tela.

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

O juiz Roy Ferguson, do 394º Tribunal Distrital Judicial do Texas, gentilmente se dirigiu ao felino na sala virtual, sugerindo que o advogado Rod Ponton ajustasse suas configurações no aplicativo Zoom. 

O incidente registrado na terça-feira (9) foi postado pelo canal do tribunal no YouTube. “Sr. Ponton, acredito que o filtro esteja ativado nas configurações de vídeo”, disse o juiz.
O pequeno gatinho branco parecia triste com seus olhos preocupados se movendo de um lado para o outro. E então, ele abriu a boca para falar: “Você pode me ouvir, excelência? Estou aqui, ao vivo, não sou um gato”, disse Ponton.
Ferguson confirmou que o incidente no Zoom aconteceu na terça-feira. “Não foi uma piada. Aconteceu mesmo”, disse Ferguson à CNN por telefone.

O filtro Zoom foi removido segundos depois desse momento, disse o magistrado. Ele acrescentou que orientou o advogado sobre como desligá-lo.
“Quando uma criança estava usando o computador, ligou um filtro”, disse ele. “Claro, o advogado não teria razão para saber que esse recurso existe.”

Ponton disse à CNN que precisou usar o computador de sua secretária para a audiência e suspeita que ela ou sua filha tenham usado a imagem do gato anteriormente.
“O gato foi empático comigo”, disse ele. “Estava tão chateado quanto eu.”

A CNN entrou em contato com o promotor do condado de Presido, mas não obteve resposta. Uma pessoa que atendeu o telefone em seu escritório disse que ele estava recebendo muitas ligações.

As audiências virtuais têm sido um pilar da Justiça durante a pandemia e não é diferente no Texas. Ferguson disse que os juízes do estado já realizaram mais de um milhão de audiências virtuais.

Embora a situação possa ter parecido  pouco profissional, o juiz disse que estava orgulhoso de como todos os lados lidaram com a situação.
“Se você observar com atenção, ninguém zombou dele ou riu dele”, disse Ferguson. “Isso apenas mostrou o profissionalismo e a dignidade que esses advogados trazem para as audiências virtuais.”

Ferguson usou sua conta no Twitter para fazer um alerta público sobre o uso do Zoom.
“Se uma criança usou seu computador antes de entrar em uma audiência virtual, verifique as opções de vídeo de zoom para ter certeza de que os filtros estão desligados. Este gatinho acaba de fazer um anúncio formal sobre um caso no 394 (tribunal)”, escreveu ele no Twitter, com um link para o vídeo da audiência.
Até Ponton viu o valor em sua breve passagem como felino.

“No começo eu fiquei um pouco chateado com isso, mas quando percebi que era uma história viral, tentei rir junto com o resto do país”, disse o advogado. “Acho que todos nós precisamos de um pouco de humor depois da má sorte que tivemos nos últimos meses.”
Esse não é o único incidente envolvendo filtros de aplicativos de pandemia. Um repórter na Carolina do Norte da afiliada da CNN WLOS transmitia ao vivo na página da emissora no Facebook quando uma série de filtros apareceu.
Apesar de parecer como um mago com olhos arregalados na tela, Justin Hinton continuou com uma abordagem profissional.

Até mesmo os famosos são conhecidos por deslizes no zoom. A comediante Tiffany Haddish precisou usar o banheiro durante uma chamada de vídeo e não percebeu que outras pessoas poderiam vê-la.

📸 Reprodução

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Fonte: CNN Brasil

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Comentarios

Comente