Único sobrevivente do acidente na Barragem de Atalho recebe alta hospitalar em Brejo Santo

_________

O único sobrevivente do acidente na Barragem de Atalho, em Brejo Santo, recebeu alta médica do Hospital Geral do Município às 22h dessa segunda-feira (8). Conforme a unidade de saúde, Valdir Fernando dos Santos, de 57 anos, teve uma luxação no ombro e escoriações na perna e na cabeça. 

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

A vítima é do município de Delmiro Gouveia, no estado de Alagoas, e estava no Ceará executando a manutenção da barragem com os outros três trabalhadores, que faleceram no local: o engenheiro mecânico Nivaldo B. Camargo, natural de São Paulo, e os auxiliares de engenharia Helder Pereira da Silva e Misael Brasil dos Santos, que nasceram em Paulo Afonso (BA).

Familiares estão sendo aguardados na Pefoce, onde os corpos serão necropsiados esta manhã.
Segundo o alagoano, o reparo na barragem acontecia há dois meses e era um “serviço de emergência”. Na hora do acidente, ele percebeu o jato d’água quando estava embaixo da tubulação. “Não vi nada na hora. Acordei no carro da ambulância”, relatou ao Diário do Nordeste. 

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) informou que o acidente ocorreu por volta das 16h30 dessa segunda-feira, quando os operários faziam testes operacionais na tomada d’água do reservatório. As causas do acidente estão sendo investigadas. 

Contudo, o órgão esclareceu em nota que “a população que vive nas proximidades da estrutura está segura e não corre riscos”. 
A Prefeitura de Brejo Santo manifestou o “mais profundo sentimento de pesar e se solidariza com familiares e amigos das vítimas do acidente na Barragem do Atalho”. 

Nesta terça-feira (9), o secretário nacional de Segurança Hídrica, Sérgio Costa, deve chegar a Brejo Santo para avaliar a situação em parceria com o Consórcio Operador e a equipe técnica do MDR.

📸 Nilton Alves

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Fonte: Diário do Nordeste

Comentarios

Comente