Ibope: 72% acham que escolas só devem reabrir após vacina contra coronavírus

Para 72% dos brasileiros das classes A, B e C, os alunos só devem voltar a ter aulas presenciais depois que uma vacina para o novo coronavírus estiver disponível, segundo pesquisa Ibope divulgada pelo jornal “O Globo” nesta segunda-feira (7).

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

O levantamento foi feito entre os dias 21 e 31 de agosto, pela internet, com 2.626 pessoas com mais de 18 anos e das classes A, B e C. O nível de confiança é de 95% dentro da margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa perguntou se os entrevistados concordavam com a afirmação de que o retorno dos alunos à sala de aula deve ocorrer somente quando houver uma vacina; o resultado foi:

• 54% concordam totalmente com a afirmação

• 18% concordam parcialmente

• 12% não concordam, nem discordam

• 7% discordam parcialmente

•6% discordam completamente

• 3% não souberam responder

Ibope: reabertura das escolas —

Foto: Reprodução/Bom Dia Brasil

Com as portas fechadas desde meados de março por causa da pandemia de coronavírus, escolas no Brasil enfrentam a indefinição sobre a retomada das aulas. O Amazonas foi o primeiro a voltar com as aulas presenciais, em 10 de agosto. Professores pediram ao governo a suspensão das aulas por causa do aumento de casos de Covid-19 na categoria.
Na última semana, o Pará iniciou a abertura das escolas particulares e de municipais em algumas cidades. Segundo levantamento do G1 de 30 agosto, cinco estados tinham previsão para retomar as aulas presenciais na rede estadual.

Entre sexos

A adesão à reabertura das escolas antes da vacina é maior entre os homens do que entre as mulheres, segundo a pesquisa do Ibope.

Homens:

• 49% concordam totalmente com a afirmação

• 21% concordam parcialmente

• 11% não concordam nem discordam

• 8% discordam parcialmente

• 8% discordam totalmente

Mulheres:

• 58% concordam totalmente

• 15% concordam parcialmente

• 13% não concordam nem discordam

• 7% discordam parcialmente

• 4% discordam totalmente

Renda familiar

Famílias que ganham entre 1 e 5 salários mínimos são as mais concordam com a reabertura das escolas após a vacina. Enquanto 75% deles concordam total ou parcialmente com essa afirmação, o número cai para 70% entre quem ganha mais de 5 salários mínimos.

Entre os que ganham até 1 salário mínimo, 68% concordam total ou parcialmente com a volta às aulas só após a vacina.
Os percentuais dos que discordam parcial ou totalmente da afirmação são semelhantes entre as classes sociais: 14% para os ganham até 1 salário mínimo e entre 1 e 2 salários. O percentual é de 13% entre os ganham entre 2 e 5 salários e de 16% entre os ganham mais de 5 salários mínimos.

Posição política

Entre quem se define como de esquerda, 87% concordam total ou parcialmente com a volta às aulas após a vacina. Entre os de centro, 77% pensam o mesmo. Entre os de direita, o percentual é de 60%.
Entre os que não sabem o posicionamento político, 76% concordam total ou parcialmente com a afirmação.

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Foto: Shutterstock/ Fonte: G1

Comentarios

Comente