Esse mapa mostra onde a sua cidade estava na Terra milhões de anos atrás

Um paleontólogo da Califórnia, nos EUA, criou um mapa interativo que permite que as pessoas vejam o quanto suas cidades se moveram ao longo de 750 milhões de anos de separações continentais.
O mapa online, projetado por Ian Webster, inclui uma série de ferramentas que também facilitam mais descobertas sobre a Terra, como onde os primeiros répteis viveram e quando a primeira flor desabrochou.

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

“Isso mostra que nosso ambiente é dinâmico e pode mudar”, disse Webster, de 30 anos, à CNN. “A história da Terra é mais longa do que podemos conceber e o arranjo atual das placas tectônicas e dos continentes é um acidente temporal. Será bastante diferente no futuro e a Terra pode sobreviver a todos nós”.

Webster construiu o mapa como um aplicativo para web sobre outro gráfico que visualiza modelos geológicos criados pelo geólogo e paleogeógrafo Christopher Scotese.
Os modelos de Scotese descrevem o desenvolvimento das placas tectônicas há 750 milhões de anos, não muito depois que as algas verdes se desenvolveram nos oceanos terrestres.
O site de Webster também utiliza o GPlates, um software utilizado por geólogos para visualizar reconstruções de placas tectônicas e dados associados ao longo das eras geológias.
A visualização do mapa de Webster deixa que os usuários insiram sua localização e então compara esse lugar aos modelos de placas tectôicas.
O resultado é que os usuários podem ver onde suas cidades estavam localizadas milhões de anos atrás. Por exemplo, você pode ver onde a cidade de Nova York estava localizada no supercontinente Pangeia. 
“Meu software geocodifica a localização do usuário e então usa os modelos [de Scotese] para levar essa localização ao passado”, disse Webster.

“Eu mesmo construí a visualização de globo interativo, a codificação e a integração ao GPlates para que as pessoas pudessem inserir suas localizações”. 

Quando se procura um lugar no mapa, o globo rotatório em 3D do site vai apontar onde na Terra aquele lugar estava localizado milhões de anos atrás. O mapa pode mostrar aos usuários até quais dinossauros costumavam viver perto da área procurada.

O gráfico ilustra dados científicos complexos e interessantes de maneira interativa e fácil de usar, para que professores e qualquer um que tenha interesse em ciência e na história da Terra possa aprender, disse Webster. 

“Foi feito para gerar fascinação e, com sorte, respeito pelos cientistas que trabalham todos os dias para entender melhor o nosso mundo e o passado dele”, disse.

“Também contém algumas surpresas divertidas. Por exemplo, os EUA eram divididos por um mar raso, os Apalaches costumavam ser montanhas muito altas – comparáveis ao Himalaia – e a Flórida era submersa”. 

Foto: Reprodução (3.set.2020)

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Fonte: CNN Brasil

Comentarios

Comente