Papa Francisco lamenta em carta morte de coroinha assassinado em Fortaleza

O Papa Francisco escreveu uma mensagem de próprio punho em que prestou solidariedade à comunidade paroquial e à avó do coroinha Jefferson de Brito, de 14 anos, assassinado a pauladas, pedradas e tiros no dia 18 de agosto, na Barra do Ceará, em Fortaleza. A mensagem foi divulgada pela paróquia nesta terça-feira (1º).
A Paróquia São Pedro, templo que a vítima frequentava, informou que após a morte de Jefferson, o paroquiano Kilbert Amorim Maciel escreveu uma carta para o Papa Francisco descrevendo o assassinato do coroinha.
Para a surpresa do Kilbert e de todos da paróquia, o Papa respondeu a carta, escrevendo uma mensagem de próprio punho.

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Na carta, o sumo pontífice diz: “Muito me dói o que me contas sobre Jefferson Brito Teixeira”, escreveu. Papa Francisco afirmou ainda, na carta, que reza por Jefferson e pede que Deus tenha misericórdia dos assassinos.

“Estou perto de você e rezo por ti, pela Comunidade Paroquial de São Pedro da Barra do Ceará. Rezo pelo eterno descanso de Jefferson e também rezo pela avó que tem ficado só. E Deus tenha misericórdia dos assassinos.”

“Por favor, não te esqueças de rezar por mim e te peço que digas à avó de Jefferson que estou perto dela. Que Jesus te abençoe e a Virgem Santa te cuide. Fraternalmente, Francisco”, finaliza.
A administração da Paróquia São Pedro afirmou ao G1 que ficou feliz pelo retorno do Papa Francisco e que a carta foi entregue na manhã desta terça-feira para a avó de Jefferson.
“Como felizes ficamos com o retorno do papa, demonstrando sua solicitude com uma família tão simples e tão distante”, disse a paróquia em nota.

‘Menino dedicado’

O Frei João Antônio Flores, pároco da paróquia de São Pedro, afirmou na época da morte do coroinha que Jefferson era muito dedicado e sempre pronto para ajudar a comunidade. “Ele era um menino dedicado, esforçado e sempre pronto para servir a igreja. Chegava sempre cedo até mesmo antes do padre e preparava tudo inclusive quando havia festa na outra comunidade daqui da paróquia e ele estava sempre lá para ajudar e sempre disponível”, disse.
Ainda segundo o Frei, a paróquia recebeu informações de que quando o coroinha retornava para casa, o jovem teria entrado em uma rua, quando foi abordado pelos suspeitos. O pároco relata ainda que, segundo testemunhas, ele foi espancado, apedrejado e teria recebido um tiro.

Prisão dos suspeitos

Três pessoas suspeitas de envolvimento no homicídio foram detidas no último dia 21 de agosto pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), de acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). De acordo com a SSPDS, após investigações pela região, os suspeitos foram localizados e conduzidos para a sede do DHPP, onde foram ouvidos no inquérito que apura o caso.
A Secretaria também afirmou que um dos suspeitos, identificado como Robson Vasconcelos, de 18 anos, já foi ouvido e autuado pelo crime de homicídio doloso e por integrar uma organização criminosa.

Foto: Reprodução

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Fonte: Portal G1 CE

Comentarios

Comente