Reitor da URCA afirma que curso de Medicina poderá ser implantado no segundo semestre de 2021 em Crato

Durante entrevista no Jornal Progresso desta segunda-feira (17), o reitor da Universidade Regional do Cariri (URCA) Lima Júnior, afirmou que se todos os procedimentos legais e burocráticos que competem na implantação do curso de Medicina, as atividades podem começar já no segundo semestre de 2021, em Crato.

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Ele explicou que a proposta é que uma nova estrutura seja erguida, tendo em vista que o campus do Pimenta comporta maior parte dos cursos da instituição. Ele explicou também que há a expectativa da criação de um processo seletivo para a formação do corpo docente.

“A expectativa é criar um processo seletivo para a contratação de professores. Tem a possibilidade também de uma negociação com a Universidade Estadual do Ceará (UECE) nesse primeiro momento. Tudo está sendo analisado, para observar o que pode melhorar ou incrementar, vendo todas as situações. A experiência da nossa co-irmã UFCA vai servir como orientação também”, pontuou o Magnífico.

A proposta de implantar um curso de Medicina na URCA não surgiu de repente. Lima Júnior explicou que a primeira conversa e a entrega de um pré-projeto ao governo do Ceará começou em 2015, mas no momento ainda não era apropriado. Na época, ele era vice-reitor e o reitor era o Patrício Melo. Lima assumiu o cargo em 2019, ano que segundo ele, o assunto sobre a graduação formadora de médicos voltou a tona.

“É uma estratégia que estamos avaliando cuidadosamente. No início do ano fomos provocados pelo Estado e município e passamos a reavaliar. Todas as condições estão sendo analisadas, focando nos trâmites burocráticos. Há a formação de uma pré comissão, toda pensada em discutir os detalhes, como por exemplo, o projeto pedagógico”, disse.

Ele ressalva que o diálogo com a Universidade Estadual do Ceará (UECE), fez com que eles analisassem a necessidade de outro curso de Medicina, observando a necessidade do mercado. O período da pandemia foi crucial para perceber esse problema. O reitor citou também, o fato da URCA ter o curso de Enfermagem, que é ligado a área da saúde. “O curso de Enfermagem da URCA é um dos mais bem avaliados do Nordeste. Os laboratórios do campo da saúde são bem avançados, por isso também foi cogitada a possibilidade”, falou Lima Júnior.

Diálogo com o governador do Ceará
Em reunião na última sexta-feira (14), o prefeito do Crato, Zé Ailton Brasil (PT), juntamente com o reitor da Universidade Regional do Cariri (URCA), professor Lima Júnior, esteve reunido com o governador Camilo Santana, em Fortaleza, onde foi discutido a criação de um curso de Medicina na URCA.

De acordo com chefe do executivo cratense, foi iniciada a discussão, com o governador, da criação de um curso de Medicina no município do Crato. O prefeito afirmou nas redes sociais, que a proposta surgiu no início do ano.

Com a entrega do projeto elaborado pela URCA, cabe ao governador analisar e caso aprovado, apresentar nos próximos dias o projeto para criação da faculdade de Medicina do Crato, que vinculada as instituições estaduais de ensino superior do Estado do Ceará.

Por Fernanda Alves

Foto: Divulgação

--------------- PUBLICIDADE ---------------

-------------------CCEV-------------------

Fonte: Site Badalo

Comentarios

Comente